Click Gratis RecordTV Rio leva todos os prêmios na categoria “vídeo” do 8º. Prêmio Sebrae

RecordTV Rio leva todos os prêmios na categoria “vídeo” do 8º. Prêmio Sebrae

Click Grátis - Entretenimento
Foto: Divulgação/Record TV Rio

Foto: Divulgação/Record TV Rio

Click Grátis - Entretenimento

A Record TV Rio foi vencedora absoluta na categoria “vídeos” da etapa estadual do 8º. Prêmio Sebrae de Jornalismo. A emissora carioca levou todos os prêmios com as reportagens sobre empreendedorismo que encantaram o júri.

Em sua 8ª edição, o Prêmio Sebrae de Jornalismo (PSJ), considerado o maior prêmio de jornalismo empreendedor no país, reconhece as melhores notícias veiculadas em diferentes canais da imprensa brasileira ou novas plataformas digitais sobre empreendedorismo e pequenos negócios. O prêmio terá agora as etapas regional e nacional.

O primeiro lugar foi para a reportagem “Empreendedorismo: mulheres se destacam no mercado de trabalho durante a pandemia".

Veiculada no Balanço Geral RJ, em novembro de 2020, a matéria revela que as mulheres foram mais ágeis e mais competentes na gestão dos próprios negócios durante a pandemia. Os números são o resultado de uma pesquisa da Fundação Getulio Vargas e do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), que mostrou que as mulheres se destacaram no mercado de trabalho no quesito agilidade e competência durante a pandemia. Uma das entrevistadas, a tatuadora Bruna Guzzo, contou que aumentou o faturamento nesse período, enquanto a advogada trabalhista Vanessa Mello teve a ideia de vender comida para bebês durante o período de isolamento social. A reportagem é de Priscilla de Paula, com produção de Débora Nepomuceno. Toda a equipe subiu ao palco para a premiação e a emissora foi representada por Bruno Paranhos, gerente de produção.

A reportagem sobre um estudante de 11 anos que abre um brechó para ajudar a família, produzida por Laís Araújo e com reportagem de João Pedro Barrocas, ganhou o segundo lugar. A matéria conta a história emocionante de Davi, um estudante de 11 anos que abriu um brechó, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, para ajudar a mãe que sofreu um acidente de carro no ano passado. A loja de Davi ajuda a família financeiramente e é um sucesso nas redes sociais.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O terceiro lugar ficou com a reportagem de Fábio Peixoto produzida por Laís Araújo sobre a criatividade para driblar a crise. Em sua reportagem, Fábio conta a história de  José Edinaldo dos Santos, que precisou se reinventar para driblar o desemprego na pandemia. Demitido, ele começou a trabalhar como ambulante vendendo água e balas nas ruas. Ele diz que, para enfrentar a crise, precisou usar a criatividade e dicas de outras pessoas que contam suas histórias na internet.

O Prêmio Sebrae de Jornalismo tornou-se uma referência no fomento do jornalismo empreendedor no Brasil, entre 2008 e 2015, com mais de 7 mil trabalhos inscritos e 50 matérias premiadas ao longo de suas edições, além do reconhecimento aos jornalistas parceiros dos empreendedores, de norte a sul do país.

As categorias desta edição foram pensadas para contemplar a diversidade de linguagem e de formatos dos conteúdos jornalísticos, com temas relacionados ao universo dos pequenos negócios e focados no enfrentamento da pandemia do coronavírus, como: empreendedorismo, produtividade e competitividade, inovação e startups, inclusão produtiva e sustentabilidade, transformação digital, políticas públicas e legislação e acesso a crédito.

Últimas