Famosos e TV Após polêmica com o ex, Pétala Barreiros descobre escuta no carro

Após polêmica com o ex, Pétala Barreiros descobre escuta no carro

Influenciadora contou que automóvel foi grampeado com uma escuta e que foi acusada de maus-tratos contra os próprios filhos

  • Famosos e TV | Do R7

Pétala Barreiros contou todos os detalhes nas redes

Pétala Barreiros contou todos os detalhes nas redes

Reprodução/Instagram

Pétala Barreiros contou nas redes sociais neste domingo (14) que alguém colocou uma escuta dentro de seu carro e que também fizeram uma denúncia anônima de maus-tratos dela contra os próprios filhos. Vale lembrar que Pétala ficou conhecida depois de denunciar o ex-marido e pai dos filhos de estupro e violência doméstica.

A influenciadora não falou o nome de quem teria colocado a escuta no veículo, mas disse que soube disso por meio de denúncia feita por um perfil fake em suas redes sociais. Para tirar a dúvida, ela comprou um detector de câmera, escutas e grampos e, de fato, o aparelho reconheceu que havia uma escuta instalada.

Em um vídeo publicado no Instagram, Pétala comentou sobre como recebeu a denúncia. "Eu falei para vocês que era bizarro, né gente?! Está aqui o aparelhinho. Eu recebi [a denúncia] ainda na viagem por um Instagram fake, que eu não sei quem é. Essa pessoa disse, inclusive, quem foi o profissional pago para colocar a escuta no meu carro. Já estou passando tudo o que é preciso para as autoridades e quarta-feira (17) eu vou tirar isso do meu carro", disse ela.

"Eu já vinha percebendo há algum tempo que uma pessoa sempre sabia onde eu estava, com quem eu estava e sobre o que eu conversava, mas só depois que esse fake mandou mensagem que eu descobri o que era", completou.

Em seguida, a influenciadora falou sobre uma denúncia anônima que recebeu recentemente sobre estar maltratando os dois filho, Lorenzo, de 6 anos, e Lucas, de 2 meses.

"Isso que eu postou para vocês não é nem metade das coisas que acontecem. Teve uma denúncia anônima de maus-tratos das crianças. Vieram 4 policiais armados aqui em casa. Minha mãe ficou muito assustada, as crianças estava aqui na sala e os policiais com as armas aparente. O Lorenzo grudou na minha mãe, depois ela foi intimada pelo conselho tutelar. A pessoa falou que não é de praxe e não é normal a polícia entrar assim até porque causa um trauma muito grande nas crianças, a não ser que seja um flagrante de maus tratos", explicou.

Apesar de ter sido uma denúncia anônima, Pétala disse que já entrou com medidas legais para resolver o caso. "É uma denúncia anônima, mas é uma denúncia caluniosa. Nossos advogados já estão resolvendo isso e agora é orar para que a Justiça finalmente seja feita", disse. "Só quero seguir minha vida em paz com meus filhos", finalizou.

Últimas