Famosos e TV Ator de 'Esquadrão Suicida' é investigado por assédio sexual

Ator de 'Esquadrão Suicida' é investigado por assédio sexual

Recentemente, Joel Kinnaman se pronunciou sobre o caso e entrou com uma medida protetiva contra a modelo, Gabriella Magnusson

Joel Kinnaman é conhecido por seu papel em 'Esquadrão Suicida'

Joel Kinnaman é conhecido por seu papel em 'Esquadrão Suicida'

Reprodução/Instagram

Joel Kinnaman, conhecido por interpretar Rick Flagg em Esquadrão Suicida, estaria sendo investigado por estupro e assédio sexual pelas autoridades suecas. A informação é do portal norte-americano TMZ. 

De acordo com a publicação, a investigação teria relação com a medida protetiva que o ator protocolou recentemente. 

No último sábado (7), Joel usou as redes sociais para falar sobre o assunto. Ele disse que a modelo sueca Gabriella Magnusson, que tem como nome artístico Bella Davis e o acusou por abuso sexual, teria o atacado e ameçado.

"Nesta manhã, eu entrei com uma medida protetiva contra uma mulher que vem ameaçando machucar a mim e a minha família fisicamente. Enquanto é mortificante e assustador vir à tona com isso, o que parece pior é aguentar as crescentes ameaças físicas diárias direcionadas a mim e àqueles que eu amo", publicou. 

"Ameaças de ir à imprensa com mentiras fabricadas a não ser que eu concorde com uma lista de demandas que incluem dinheiro, conexões em Hollywood, ajuda para manter um visto de trabalho, uma página verificada no Instagram, uma página na Wikipédia, um ensaio fotográfico na (revista) Sports Illustrated, um adicional de R$ 2 milhões para um apartamento e outras coisas", completou Joel. 

Ele contou ainda que, em 2018, quando estava solteiro, teve um rápido affair com Gabriella Magnusson, mas garantiu que a relação teria sido consensual.

"Nos encontramos em Nova York e tivemos uma consensual relação sexual. No mês seguinte, nos encontramos de novo e tivemos um relação sexual em consenso mas não passamos a noite juntos porque eu tinha que acordar cedo na próxima manhã."

Segundo Joel, em 2019 e 2020, Gabriella teria retomado o contato querendo encontrá-lo novamente e teria enviado mensagens sexuais explícitas. O ator estava em um relacionamento e não respondeu. No entanto, ela teria insistido em tentar contato mesmo após ele ter cortado a comunicação.

Ainda de acordo com a publicação do ator, a modelo teria passado a ameaçar publicar falsas informações sobre ele, inclusive sobre tê-la estuprado. "Eu tive uma longa conversa pelo telefone com Bella, a qual ela sabia que estava sendo gravada. Nessa conversa gravada, Bella, mais de uma vez, reconheceu que o sexo foi consensual. Na mesma conversa, ela reiterou sua ameaça de falar com a mídia a não ser que suas demandas fossem cumpridas. Em um momento, ela falou: 'Sabe quanto dinheiro eu conseguiria e o quão famosa eu seria se eu fosse à imprensa?", relatou.

Veja a publicação completa

Confira as celebridades que já tiveram problema com a Justiça

Últimas