Autópsia revela que Naya Rivera levantou o braço e pediu socorro

Atriz de Glee morreu afogada em 8 de julho no Lago Piru, na Califórnia, enquanto fazia passeio de barco com o filho de quatro anos

Autópsia de Naya Rivera foi divulgada na sexta (11)

Autópsia de Naya Rivera foi divulgada na sexta (11)

Reprodução/Instagram

O resultado da autópsia de Naya Rivera, que se afogou no Lago Piru, na Califórnia, no dia 8 de julho, revelou que a atriz levantou o braço e gritou por socorro antes de morrer.

O relatório, divulgado na última sexta-feira (11), também apontou pequenas quantidades de diazepam, um ansiolítico, e de fentermina, inibidor de apedite derivado de anfetamina, no corpo dela. Porém, ainda segundo a autópsia, as substâncias não foram responsáveis pela morte.

Veja também: Lago onde Naya Rivera morreu reabre ao público com restrições

Naya fazia um passeio de barco com o filho, Josey, de quatro anos, quando a tragédia aconteceu. Os documentos ainda revelaram que a ideia dela era fazer um churrasco no local, já que foram encontrados alimentos e um saco de carvão no carro da atriz.

Um funcionário da empresa que alugou o barco para a intérprete de Santana na série Glee afirmou que ofereceu um colete salva-vidas, porém, ela recusou. O rapaz, no entanto, deu o acessório, que também foi encontrado na embarcação, mesmo assim.

Naya desapareceu no dia 8 de julho, mas o corpo só foi localizado pelo departamento policial do condado de Ventura no dia 12. Ela tinha 33 anos.