Famosos e TV Bradley Cooper, de 'Nasce uma Estrela', revela que enfrentou vício em cocaína no começo da carreira

Bradley Cooper, de 'Nasce uma Estrela', revela que enfrentou vício em cocaína no começo da carreira

Astro de Hollywood, hoje com 47 anos, abriu o coração ao falar sobre dificuldades que enfrentou no início dos anos 2000

  • Famosos e TV | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Bradley Cooper revelou em entrevista que lutou contra o vício em drogas e álcool

  • O ator e diretor contou que no começo da carreira estava perdido e viciado em cocaína

  • Indicado ao Oscar 9 vezes, Cooper mudou de vida com ajuda do ator Will Arnett

  • Cooper disse acreditar que superou as dificuldades por ainda não ser tão famoso na época

Bradley Cooper em 'Nasce uma Estrela' e 'O Beco do Pesadelo'

Bradley Cooper em 'Nasce uma Estrela' e 'O Beco do Pesadelo'

Montagem R7/Divulgação Warner Bros. Pictures/Searchlight Pictures

Um dos maiores nomes do cinema atual em Hollywood, Bradley Cooper revelou que lutou contra o vício em drogas no começo dos anos 2000.

O astro esteve em sucessos como Se Beber, Não Case!, Nasce uma Estrela, Guardiões da Galáxia, O Lado Bom da Vida, O Beco do Pesadelo Sniper Americano

Durante participação no podcast Smartless, com Will Arnett, Jason Bateman e Sean Hayes, Cooper abriu o coração ao falar das dificuldades por que passou, incluindo o vício em cocaína.

Atualmente com 47 anos, o ator e diretor revelou que Will Arnett foi até sua casa e percebeu que, mesmo sendo tarde da noite, Cooper ainda não tinha deixado seus cachorros saírem: "Essa foi a primeira vez que percebi que tinha um problema com drogas e álcool. Foi o Will falando comigo, eu nunca vou esquecer, mudou minha vida inteira". 

Na época, o astro estava de saída da série Alias: Codinome Perigo. "Eu estava tão perdido. Eu era viciado em cocaína. Eu cortei meu tendão de Aquiles logo depois que fui demitido/me demiti de Alias."

Durante o papo, Jason Bateman disse que hoje em dia Cooper é o oposto do que era antigamente. Agora ele é uma pessoa calorosa, que se importa com os outros e que é generosa. Segundo Cooper, a mudança é resultado de ter chegado ao fundo do poço antes de realmente ficar famoso.

Ed Helms, Bradley Cooper e Zach Galifianakis em 'Se Beber, Não Case! – Parte III'

Ed Helms, Bradley Cooper e Zach Galifianakis em 'Se Beber, Não Case! – Parte III'

Divulgação/Warner Bros. Pictures

"Eu tive a vantagem de que isso aconteceu quando eu tinha 29 anos. Eu tinha 36 anos quando fiz Se Beber, Não Case!, então eu passei por todas essas coisas antes de a fama existir na minha vida num nível diário", disse Cooper.

O ator e diretor voltou a valorizar a amizade de Will Arnett como decisiva para transformar tudo: "Will é a razão, ele correu o risco ao conversar comigo em julho de 2004, que me colocou no caminho de decidir mudar minha vida". 

Bradley Cooper já foi indicado nove vezes ao Oscar, a maior premiação do mundo do cinema, como produtor, roteirista, ator coadjuvante e ator principal por filmes como O Lado Bom da Vida, Trapaça, Sniper Americano, Nasce uma Estrela, Coringa e O Beco do Pesadelo.

Últimas