Claudia Raia desabafa e diz ter sido julgada pela morte de ex-babá

Seguidor comentou que Regina Célia contraiu covid-19 após 'morar com a atriz', que também foi infectada pelo coronavírus; artista se posicionou

Claudia Raia foi julgada pela morte de ex-babá

Claudia Raia foi julgada pela morte de ex-babá

Reprodução/Instagram

Claudia Raia participou de uma live com Adriane Galisteu na noite de quinta-feira (28), e contou que foi julgada pela morte da "segunda mãe dos filhos da atriz", Regina Célia.

A mulher foi babá de Enzo e Sophia quando eles eram pequenos e foi uma das vitímas da covid-19. 

Claudia, que também desenvolveu a doença, falou que foi julgada pela morte de Regina, que não via há 4 meses. "Uma mulher disse que ela morava comigo, pegou de mim e morreu e eu não", contou.

"A babá, que faz parte da minha família, trabalhou 18 anos comigo, mora no Rio e eu moro em SP, não trabalha mais aqui há 6 anos. Fazia 4 meses que eu não a via" disse.

Telefonaram para a atriz quando Regina foi encontrada, em um primeiro momento, desacordada na própria casa. "Há 15 dias, ela foi encontrada desacordada na casa dela. Ela tinha ficado diabética e não sabia. Me ligaram. Internamos ela. Ela entrou no hospital sem covid-19 e saiu com covid-19", relatou. 

Depois desse episódio, Claudia contou que Regina foi para a casa de uma amiga por um dia até começar a passar mal. "Ligaram pra mim de novo, internamos ela em outro hospital, ficou 12 dias entubada e faleceu. Uma coisa triste, horrorosa", lamentou.

Após a explicação de como Regina contraiu a covid-19, a atriz contou que leu um comentário na rede social que a culpava pela infecção da ex-babá. "Uma seguidora falou que a babá mora comigo, pega de mim, morre, e eu não. Eu estou começando a desacreditar na raça humana. As pessoas não sabem nada, não sabem o que está acontecendo, se ela mora comigo, se ainda trabalha comigo. Por que ela acha que eu passei covid-19 para ela e, ainda por cima, ela morreu por minha causa?", exclamou.

A artista frizou que, as pessoas que a culpam pela morte da ex-babá, "tem um ódio que destila."

"Julgamento é o mal do ser humano. É botar o dedo na cara do outro e julgar antes mesmo de saber o que está acontecendo. A internet tem coisas maravilhosas, mas deu voz a pessoas que não tem coragem de aparecer", falou antes de concordar com Adriane. "Deu lugar para o ódio!"

A artista e o marido, Jarbas, foram diagnosticados com a infecção causada pelo novo coronavírus, mas já se curaram. Ela acredita que tenha sido infectada no elevador do prédio dela.