Famosos e TV Cresce número de pessoas que se arrependem de tatuagem amorosa

Cresce número de pessoas que se arrependem de tatuagem amorosa

O programa Fala Que Eu Te Escuto abordou tema e questionou se vale a pena viver cada momento ou se é arrependimento na certa

  • Famosos e TV | Ana Carolina Cury, do R7

Tatuagem combinada em casal

Tatuagem combinada em casal

Reprodução/RecordTV

Fazer uma tatuagem não é uma decisão simples, uma vez que o desenho fica marcado “para sempre” na pele. E quando o assunto são os relacionamentos, o perigo é ainda maior, já que pode acabar gerando um arrependimento futuro, caso aquela relação termine.

“Fiz uma tatuagem com o nome de uma pessoa que amava muito, não era meu namorado. Depois disso, ele terminou comigo. Me arrependo amargamente, porque afetou muito a minha vida, em todas as áreas. Hoje sou casada, meu marido não se importou tanto, mas vivenciei situações constrangedoras, de pessoas me perguntando de quem era aquele nome no meu braço”, revelou a cabeleireira, Carolina Rodrigues, durante participação no programa Fala Que Eu Te Escuto deste sábado.

A exibição mostrou reportagens onde tatuadores comentaram que tem aumentado a procura por remoções e lembrou famosos que se arrependeram da decisão de fazer uma tatuagem como prova de amor. Alguns exemplos citados foi a tatuagem que a atriz, Angelina Jolie, fez para o ex-marido, Billy Bob Thornton, mas, com o fim do casamento, acabou apagando o desenho e fazendo outro em cima. A modelo Viviane Araújo encarou sessões de laser para apagar a tatuagem que fez em homenagem ao ex, o cantor Belo. Não foi diferente com o cantor Latino, ele apagou a antiga tatuagem que continha o rosto da ex-mulher, Kelly Key.

“Trabalho há bastante tempo com jornalismo de celebridades e posso dizer que, quase sempre, quando as celebridades terminam um relacionamento sofrem muito para apagar. Elas fazem esse tipo de tatuagem com uma frequência enorme, como também trocam muito de parceiro também. É uma prova de amor que sai cara. Uma tatuagem não é barata para ser feita, depois, para removê-la, o valor é muito maior”, destacou a jornalista Keila Jimenez.

Resultado da enquete

Para 80% dos espectadores do programa, fazer uma tatuagem para a pessoa amada é arrependimento na certa.

A gestora empresarial, Daniela Rodrigues, opinou sobre o assunto e deixou um alerta. “Uma amiga fez uma tatuagem em homenagem ao namorado e aquele relacionamento não deu certo. Quando ela terminou, olhar para aquele desenho se tornou um trauma para ela. Eu não faria isso. Penso que as pessoas precisam pensar não têm 100% de certeza se um relacionamento vai durar a vida inteira.”

Segundo um estudo desenvolvido pelo Hospital Royal Blackburns, da Inglaterra, uma em cada três pessoas se arrepende da tatuagem que faz, por isso, o apresentador, o pastor Guilherme Grando, reforçou a necessidade de usar a razão, e não a emoção, sobretudo, quando o assunto são as tatuagens. “Você precisa pensar muito bem, antes de tomar esse tipo de decisão e qualquer outro tipo de decisão da vida. Não é bom agir sem pensar, sem refletir. Muitas pessoas fazem coisas que se arrependem porque agiram no impulso.”

O programa Fala Que Eu Te Escuto é exibido de terça a sábado pela Record TV, a partir de 00h45. Quem se encontra em outros países pode assistir pela Record Internacional ou pelo Facebook.

Últimas