'Em Nome da Justiça' vai mostrar outro lado de investigações policiais

Falhas que costumam levar inocentes para prisão serão mostradas pelo apresentador juntamente com a análise de uma criminóloga

Luiz Bacci falou mais sobre a atração ao Jornal da Record

Luiz Bacci falou mais sobre a atração ao Jornal da Record

Reprodução/Jornal da Record

Estreia nesta quinta-feira (30), a partir das 22h30, na Record TV, Em Nome da Justiça. Sob o comando de Luiz Bacci, a série com 12 episódios vai mostrar um outro lado das investigações policiais. Falhas que costumam levar inocentes para prisão serão mostradas pelo apresentador juntamente com a análise de uma das maiores estudiosas brasileiras do assunto, a criminóloga Ilana Casoy. 

Luiz Bacci falou mais sobre a atração ao Jornal da Record. "É a oportunidade que a gente tem de ver o outro lado. De colocar o holofote em pessoas que foram presas por crimes que jamais cometeram. Pessoas que estão atrás das grades sem se quer ter comedido um crime não tem oportunidade do microfone para se defender”.

No episódio de estreia, o programa vai abordar um caso que ganhou as manchetes de todo o país: dois ciganos, a mãe, Vera Petrovitch e o filho dela, Pero, foram acusados pelo assassinato da menina Giovanna dos Reis Costa, de 9 anos, em Quatro Barras, na Grande Curitiba. Eles ficaram presos por cinco anos até ir a julgamento. No tribunal, a história tomou outro rumo.

Em Nome da Justiça estreia na próxima quinta (30), a partir das 22h30