Famosos e TV Endividada, Norma Bengell precisou da ajuda financeira de Milton Nascimento, Faustão e Falabella

Endividada, Norma Bengell precisou da ajuda financeira de Milton Nascimento, Faustão e Falabella

Músico mineiro pagou plano de saúde e arcou com as últimas despesas no hospital

  • Famosos e TV | Rodrigo Teixeira, do R7 no Rio

Norma Bengell

Norma Bengell

Reprodução

Norma Bengell passou os últimos anos de sua vida cheia de dívidas, doente e, segundo ela mesma, esquecida pelo meio artístico. Contudo, não foi toda a classe que abandonou a atriz que marcou a história do cinema nacional. Segundo, Luciane Marques, a cuidadora e amiga que passou os últimos cinco anos ao lado da atriz, celebridades como Faustão, Miguel Falabella, Jô Soares, Daniel Filho e Milton Nascimento deram suporte financeiro durante a batalha de Norma, que já não andava, contra o câncer.

— Algumas pessoas a ajudaram financeiramente para comprar remédios nos últimos tempos. Faustão, Miguel Falabella, Daniel Filho, Jô Soares e alguns outros que eu não me lembro o nome agora. A vida financeira dela relamente estava ruim. O cantor Milton Nascimento pagava seu plano de saúde. Ele vai arcar com as últimas despesas no hospital.

Latorraca foi o único, segundo Luciane, a ligar diariamente para a atriz.

— No hospital, ela só teve visita dos primos Eriberto e Sueli, ninguém do meio artístico apareceu por lá. Ela se sentia esquecida. O único amigo famoso que ela teve todo esse tempo, que nunca deixou de ligar um dia sequer, foi o Ney Latorraca. Quanto ela recebia a ligação do seu Ney, ela ficava feliz. Ela adorava ele e falava: "Lu, o único que nunca me esqueceu é o Ney".

O velório e a cremação de Norma serão pagos pela prefeitura do Rio, conforme explicou Luciane. "O prefeito [Eduardo Paes] mandou um secretário falar comigo e resolvemos isso. Ela sobrevivia com uma renda de 2900 reais que ganhava da anistia e o aluguel de um apartamento na Gávea. Mas suas despesas eram maiores que isso, o meio artístico não se mobilizou para ajudá-la. Ela falava: "Nesse meio tem muita hipocrisia". Ela tinha um enorme coração mas quando precisou esqueceram dela".

Adeus
Norma Bengell morreu aos 78 anos em um hospital do Rio de Janeiro, onde estava internada desde sábado (5). Ela tinha câncer e infecção nos pulmões, mas, segundo o representante da atriz, não quis se submeter à quimioterapia.

Foi uma das atrizes mais importantes nas décadas de 60 e 70 e revolucionou o cinema brasileiro ao protagonizar o primeiro nu frontal no País, em Os Cafajestes. Seu último trabalho na televisão aconteceu em 2009, quando atuou na série Toma Lá, Dá Cá, da Globo. Na Record, esteve no elenco da novela Alta Estação, no ano de 2006.

Sua estreia no cinema aconteceu em 1959, em O Homem do Sputnik. Também trabalhou como produtora, diretora e cantora. Participou de produções famosas como O Pagador de Promessas, O Deus do Amor e A Idade da Terra.

Últimas