Famosos e TV Ex-participante de reality show é condenado a 12 anos de prisão por guardar pornografia infantil

Ex-participante de reality show é condenado a 12 anos de prisão por guardar pornografia infantil

Josh Duggar, conhecido por sua participação em '19 Kids and Counting', também foi acusado de assédio por suas irmãs

  • Famosos e TV | Do R7

Josh Duggar foi condenado a 151 meses de prisão

Josh Duggar foi condenado a 151 meses de prisão

Handout / Washington County Sheriff's Office / AFP

O ex-astro do reality show americano 19 Kids and Counting Josh Duggar foi condenado a 151 meses, cerca de 12 anos e meio, de prisão por receber e possuir pornografia infantil.

Duggar foi  preso em abril de 2021 depois que um detetive da polícia de Little Rock descobriu que arquivos de pornografia infantil estavam sendo compartilhados por um computador do famoso. Os investigadores testemunharam que imagens que retratam o abuso sexual de crianças haviam sido baixadas em 2019 para um computador em uma concessionária de carros de propriedade de Duggar.

O canal de televisão TLC cancelou 19 Kids and Counting em 2015 após alegações de que Duggar havia abusado sexualmente de quatro de suas irmãs e uma babá anos antes. As autoridades começaram a investigar o abuso em 2006 depois de receberem uma dica de um amigo da família, mas concluíram que o prazo de prescrição de quaisquer possíveis acusações havia expirado.

Os pais de Duggar disseram que ele tinha confessado e se desculpado por seu comportamento. Depois que as alegações ressurgiram em 2015, Duggar voltou a pedir desculpas publicamente e renunciou ao cargo de lobista do Family Research Council, um grupo cristão conservador. Entretanto, ele negou as acusações.

Meses depois, ele se desculpou publicamente por trair sua esposa e ser viciado em pornografia, para o que disse ter procurado tratamento.

Uma das irmãs de Josh, Jill Duggar Dillard, escreveu um post em seu site sobre a prisão dele. "As últimas semanas e meses foram difíceis emocionalmente. Ontem foi mais um daqueles dias difíceis. Não estamos felizes nem desapontados com a sentença, mas estamos gratos porque finalmente acabou. Embora alguns acreditem que Josh deveria ter recebido uma sentença maior e ainda menos acreditem que ele deveria ter recebido uma sentença mais leve, Deus realizou sua vingança hoje por sua atividade criminosa indescritível", começou.

"Felizmente, Josh pode realmente começar a receber tratamento e começar a trabalhar em direção a um estilo de vida em que é menos provável que ele reincida. Continuamos a amar Josh e sua família, e estaremos lá para eles da maneira que pudermos", completou.

Últimas