Famosos e TV Jatinho luxuoso de Wesley Safadão vai a leilão com lance inicial de mais de R$ 23 milhões

Jatinho luxuoso de Wesley Safadão vai a leilão com lance inicial de mais de R$ 23 milhões

Aeronave faz parte de ação que envolve Francisley Valdevino da Silva, que é conhecido como Sheik dos Bitcoins

  • Famosos e TV | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Um jatinho da empresa do cantor Wesley Safadão vai a leilão ainda neste mês.

  • O avião, envolvido em um processo do Sheik dos Bitcoins, terá lance inicial de R$ 23,5 milhões.

  • A empresa responsável pelo leilão já está fazendo um grande anúncio do evento.

  • A aeronave comporta até nove passageiros e viaja de São Paulo ao Chile sem escalas.

Leilão de jatinho de Safadão começará com lance de R$ 23,5 milhões

Leilão de jatinho de Safadão começará com lance de R$ 23,5 milhões

Montagem R7/Reprodução Instagram

Uma aeronave operada pela empresa WS Shows Ltda., do cantor Wesley Safadão, será leiloada ainda neste mês, com lance inicial de R$ 23,5 milhões. 

O jatinho foi pedido em uma ação movida por um grupo de investidores que teriam sido lesados pelo empresário Francesley Valdevino da Silva, conhecido como Sheik dos Bitcoins, para ressarcimento das dívidas.

A Kronberg Leilões, empresa responsável pela venda do avião, já está anunciando o evento. "Grande leilão de aeronave, 15 de junho", diz o pôster no site oficial. 

A aeronave é um modelo Cessna C680 Citation Sovereign, fabricada nos Estados Unidos em 2008, e comporta até nove passageiros. Ela tem autonomia de voo de até 5.900 km, conseguindo ir de São Paulo a Santiago do Chile sem necessidade de escalas. Os interessados em comprar o jatinho podem conhecer o avião. 

Entenda o caso

Francisley Valdevino da Silva, que é conhecido como Sheik dos Bitcoins, é investigado por suspeita de comandar uma organização criminosa de fraudes com criptoativos no Brasil e no exterior.

Durante a Operação Poyais, em novembro de 2022, a polícia afirmou que o grupo criava e comercializava plataformas e sistemas virtuais para terceiros que tivessem interesse em também praticar o mesmo tipo de crime.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

O esquema teria movimentado cerca de R$ 4 bilhões. Francisley foi preso por suspeita de estelionato e fraudes em contratos.

A WS Shows, empresa de Safadão, se pronunciou oficialmente quando o caso foi divulgado, no ano passado. Confira a íntegra do comunicado abaixo.

"A WS Shows é mais uma vítima dessa operação. Buscando antecipar notícias e afastar indevidas conclusões sobre o caso, esclarecemos que os sócios da WS Shows também acreditaram ser uma boa oportunidade de negócio e, assim que identificaram fragilidades, correram atrás de desfazer tudo, conseguindo minimizar o prejuízo investindo mais dinheiro com a compra do avião, inclusive pegando financiamento com o Banco do Brasil S.A. A WS Shows foi surpreendida com a recente decisão que determinou o bloqueio do jato, porém já está nas mãos da Justiça para que tudo seja resolvido da melhor e mais justa forma."

Traições, brigas por pensão e processo: relembre as polêmicas de Wesley Safadão

Últimas