Famosos e TV Kendall Jenner é processada por grife italiana por quebrar contrato

Kendall Jenner é processada por grife italiana por quebrar contrato

Segundo o processo, a modelo teria faltado a uma sessão de fotos, e a grife pede pelo menos R$ 9,8 milhões em danos

Reuters
Kendall Jenner é processada por marca italiana por quebra de contrato

Kendall Jenner é processada por marca italiana por quebra de contrato

Reprodução/Instagram

A top model americana Kendall Jenner está sendo processada pela grife italiana  por supostamente violar os termos de um contrato de modelo que a obrigava a comparecer a duas sessões de fotos, de acordo com uma reclamação legal apresentada por Liu Jo.

A reclamação, apresentada na noite de segunda-feira (2) no Tribunal Distrital dos Estados Unidos em Manhattan, afirma que Jenner apenas participou da primeira das duas sessões de fotos planejadas, mas nunca apareceu para a segunda, que originalmente deveria ter ocorrido em março de 2020, mas foi adiada por causa da pandemia de coronavírus.

Liu Jo pede pelo menos US$ 1,8 milhão (R$ 9,8 milhões) em danos, de acordo com a denúncia.

A Liu Jo, que segundo a denúncia já pagou US$ 1,35 milhão (R$ 7,05 milhões) a Jenner pelos serviços cobertos pelo contrato de 2019, disse que tentou reprogramar a segunda sessão de fotos várias vezes, mas não obteve resposta de Jenner. Liu Jo disse que mais tarde não conseguiu obter o reembolso de seus pagamentos à modelo.

A Reuters não conseguiu entrar em contato imediatamente com Jenner, 25, uma das modelos mais lucrativas do mundo que alcançou a fama no reality show "Mantendo-se com os Kardashians".

Seus agentes, The Society Model Management e a controladora Elite World Group, não responderam imediatamente a um pedido de comentário. Uma empresa de relações-públicas representando Liu Jo também não estava imediatamente disponível para comentar.

Últimas