Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Motorista que atropelou Kayky Brito desiste de encontrar ator: 'Quero seguir minha vida'

Diones Coelho da Silva disse que foi ignorado pela família do artista quando pediu para vê-lo

Famosos e TV|Do R7

Diones Coelho desiste de se encontrar com Kayky Brito
Diones Coelho desiste de se encontrar com Kayky Brito Diones Coelho desiste de se encontrar com Kayky Brito

Diones Coelho da Silva, o motorista de aplicativo que atropelou Kayky Brito, desistiu de se encontrar com o ator. Após contar que foi ignorado pela família do artista quando pediu para vê-lo, ele fez uma publicação nas redes sociais em que diz que não quer mais falar sobre assuntos relacionados ao acidente e deseja uma boa recuperação a Kayky.

"Sobre o caso e sobre a pessoa Kayky, não quero falar mais nada. A partir de hoje, quero virar essa página. Desejo tudo de melhor para ele e toda a família. Desejo uma excelente recuperação e todo sucesso do mundo a ele, em nome do senhor Jesus. Quero seguir minha vida, ficar bem para poder voltar a dirigir e voltar a trabalhar. Não tenho ressentimentos em meu coração por ninguém, nem por qualquer comentário na internet, e continuo amando cada um", disse o motorista.

"Vamos viver com amor, menos ódio e menos julgamentos, pois todos somos passíveis de erros. Por isso, mais amor às pessoas, viver uma vida mais leve, com moderação e empatia. O mundo precisa disso", completou Diones.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

O motorista tomou a decisão de se afastar de assuntos relacionados à família Brito após contar que foi ignorado por ela. Ao colunista Kadu Brandão, Diones contou que tentou contato com Kayky pelas redes sociais, mas não obteve resposta, e também disse que sentiu um tratamento "frio" por parte do ator e da irmã dele, Sthefany Brito.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro concluiu a investigação sobre o atropelamento de Kayky Brito e decidiu não indiciar o motorista. Segundo o inquérito policial, Diones Coelho da Silva não tinha como evitar o acidente.

Publicidade

O laudo pericial mostra que o motorista estava em constante desaceleração e dirigia a uma velocidade de 48 km/h, abaixo do limite permitido, que é de 70 km/h. Porém, no momento em que Kayky Brito iniciou a travessia, fora da faixa de pedestre, a velocidade era "insuficiente para que o condutor percebesse, reagisse e parasse o veículo a fim de não haver impacto".

Kayky Brito vive recuperação longe da mulher, com fisioterapia e polêmica com Bruno De Luca

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.