Famosos e TV 'O Bêbado e o Equilibrista' será cantado das janelas

'O Bêbado e o Equilibrista' será cantado das janelas

Amigos farão uma homenagem ao cantor e compositor Aldir Blanc que morreu nesta segunda-feira (4), vítima da covid-19

Aldir Blanc e João Bosco

Aldir Blanc e João Bosco

Fábio Motta/Estadão Conteúdo

Amigos de Aldir Blanc, morto nesta segunda-feira (4), vítima de complicações da covid-19, farão uma homenagem ao cantor e compositor. Sob o comando da cantora Mariana Baltar, eles irão cantar, cada um de suas janelas, O Bêbado e o Equilibrista, um dos maiores sucessos de Aldir feito em parceria com João Bosco. A homenagem está marcada para acontecer nesta segunda, logo mais, às 20h.

Aldir Blanc estava internado no Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro, e não resistiu à covid-19. O artista estava internado desde o dia 10 de abril, quando deu entrada na Coordenação de Emergência Regional (CER) do Leblon, no Rio de Janeiro, e ficou no aguardo de uma vaga de UTI.

Após a família realizar uma campanha para levantar fundos e conseguir transfêri-lo para um leito de terapia intensiva na rede privada na noite do dia 14, Aldir continuou o tratamento e aguardou um teste para saber se havia ou não contraído o novo coronavírus. No entanto, o músico não resistiu à doença.

Nascido em 2 de setembro no Rio de Janeiro, Aldir Blanc Mendes é formado em medicina com especialização em psiquiatria. No entanto, ele largou a carreira na área da saúde para se dedicar exclusivamente à música e à literatura em 1973, quando já se destacava como um dos principais autores de MPB no período.

Últimas