Famosos e TV Yoko Ono processa ex-assistente de John Lennon em R$ 846 mil

Yoko Ono processa ex-assistente de John Lennon em R$ 846 mil

Artista plástica alegou que Frederic  Seaman desobedeceu uma ordem judicial e estaria lucrando com declarações sobre o ex-beatle em entrevistas

  • Famosos e TV | Do R7

Yoko alegou que Seaman deobedeceu ordem judicial

Yoko alegou que Seaman deobedeceu ordem judicial

EFE

Yoko Ono, viúva de John Lennon, entrou com um processo contra o ex-assistente do músico, Frederic Seaman, em 150 mil dólares, o equivalente a 846 mil reais.

De acordo com o processo obtido pelo site norte-americano TMZ, a artista plástica alegou que Seaman desobedeceu uma ordem judicial (decretada há 20 anos) de não poder citar Lennon em entrevistas e estaria lucrando com essas declarações.

Segundo Yoko, no mês passado, o ex-assistente teria falado durante 23 minutos sobre a vida pessoal e profissional de Lennon e teria comentado assuntos os quais ela afirma serem "legalmente proibidos".

Vale lembrar que este não é o primeiro entrave judicial envolvendo Yoko e Seaman. A viúva de Lennon já acusou o ex-assistente de roubar fotos da família e outros itens pessoais do músico. Seaman chegou a confessar o delito e fez um pedido formal de desculpas em um tribunal no ano de 2002.

Últimas