Famosos e TV Zé Celso travou briga na Justiça com Silvio Santos pela preservação do prédio do Teatro Oficina

Zé Celso travou briga na Justiça com Silvio Santos pela preservação do prédio do Teatro Oficina

O dramaturgo morreu nesta quinta-feira (6), aos 86 anos, após ter sofrido queimaduras em incêndio no apartamento onde morava

  • Famosos e TV | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Zé Celso morreu, aos 86 anos, nesta quinta-feira (6).

  • Dramaturgo travou na Justiça uma briga de décadas com Silvio Santos.

  • Empresário quer construir torres comerciais em torno do Teatro Oficina.

  • O ator lutava para que o espaço se tornasse um parque público.

Zé Celso e Silvio Santos travaram briga na Justiça por conta de terreno no Bixiga

Zé Celso e Silvio Santos travaram briga na Justiça por conta de terreno no Bixiga

Reprodução/Instagram

Zé Celso morreu, aos 86 anos, nesta quinta-feira (6). O dramaturgo não resistiu ao ter 53% do corpo queimado em um incêndio que atingiu o apartamento onde ele morava. Um dos maiores nomes da dramaturgia brasileira, o artista fundou o grupo Teatro Oficina Uzyna Uzona e travou na Justiça uma briga com Silvio Santos para preservar o prédio-sede da companhia, localizado no bairro do Bixiga, no centro de São Paulo.

O Teatro Oficina foi fundado em 1958, por Zé Celso e outros colegas, no centro acadêmico da Faculdade de Direito da USP (Universidade de São Paulo). O grupo se tornou uma das maiores companhias de teatro do Brasil e passou a ocupar o prédio no Bixiga em 1961.

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp
• Compartilhe esta notícia no Telegram

Atualmente, a edificação é tombada pelo Conselho do Patrimônio Cultural. Segundo o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), o tombamento vai além do espaço físico do imóvel e resguarda também o ambiente de criação artística, reconhecendo o valor das práticas desenvolvidas.

A briga com Silvio Santos começou nos anos 1990, quando o empresário comprou o terreno em torno do teatro para a construção de um grande prédio comercial. Com medo de que o edifício prejudicasse a sede do Oficina, Zé Celso entrou na Justiça contra o dono do SBT.

Após anos de imbróglio, a Justiça proibiu a construção de duas torres comerciais no terreno. Porém, a decisão foi revertida um ano depois. A partir disso, o dramaturgo e representantes do Grupo Silvio Santos tiveram diversas reuniões para deliberar sobre a construção, inclusive com o então governador de São Paulo, João Doria.

O desejo de Zé Celso era que o terreno virasse o Parque Bixiga, um espaço voltado à comunidade e à cultura. Em 2019, o projeto que prevê a criação do espaço público foi aprovado, mas ainda não foi sancionado pela Prefeitura de São Paulo.

Em 2022, o Tribunal de Justiça de São Paulo proibiu a prefeitura da capital paulista de aprovar a construção dos edifícios pelo Grupo Silvio Santos. Na sentença, a juíza Paula Micheletto Cometti alegou que os edifícios poderiam causar danos ao patrimônio histórico e ao meio ambiente.

De Palmirinha a Gloria Maria: veja famosos que morreram em 2023

Últimas