Entretenimento Mingau: filha do músico cita possibilidade de alta em novo boletim médico

Mingau: filha do músico cita possibilidade de alta em novo boletim médico

Baixista da banda Ultraje a Rigor está sem sedação e interage por meio do movimento dos olhos e da reação a estímulos

Agência Estado - Variedades
Isabella Aglio, filha de Mingau, com o músico do Ultraje

Isabella Aglio, filha de Mingau, com o músico do Ultraje

Reprodução/Instagram

A filha de Mingau, Isabella Aglio, atualizou o estado de saúde do baixista na noite desta sexta-feira, 20. O músico está internado no Hospital São Luiz do Itaim, em São Paulo, desde o início de setembro.

O integrante da banda Ultraje a Rigor foi baleado durante uma tentativa de assalto em Paraty, no Rio de Janeiro, e encontrado em estado grave. Segundo o último boletim, os médicos já estão considerando desospitalização — processo de alta de forma estratégica.

"O paciente Rinaldo Amaral (Mingau) segue internado na unidade de terapia intensiva do Hospital São Luiz — Unidade Itaim, da Rede D’Or, com quadro estável e resposta clínica satisfatória ao tratamento. A equipe está traçando, juntamente com a família, a estratégia para desospitalização. Ainda não há previsão de data" diz o comunicado compartilhado por Isabella nas redes sociais.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram

"Do ponto de vista neurológico, nota-se evolução lenta e gradual com interação por meio de movimento dos olhos e reação a estímulos. O paciente está sem sedação e apresenta boa evolução do quadro respiratório", informou.

Na noite do sábado, 2 de setembro, Migau foi alvo de uma tentativa de assalto em Paraty, no Rio de Janeiro. O músico foi baleado na cabeça durante o ataque e encontrado em estado grave.

A equipe médica do Hospital Municipal Hugo Miranda, onde ele inicialmente recebeu atendimento, informou na ocasião que o músico deu entrada com ferimento grave causado por um projétil de arma de fogo na cabeça.

Posteriormente, ele foi transferido para o Hospital São Luiz do Itaim, em São Paulo, onde passou por duas cirurgias intracranianas e permanece internado até o momento.

No último sábado, dia 14, a Polícia Militar de São Paulo prendeu no interior do estado um dos suspeitos de atirar no músico.

VEJA MAIS: Mingau e Kayky Brito aos poucos se recuperam de tragédias

Últimas