Música Aos 94 anos, Tony Bennett revela que está com Alzheimer

Aos 94 anos, Tony Bennett revela que está com Alzheimer

Ícone do jazz norte-americano descobriu a doença em 2016, mas só agora a família anunciou a enfermidade para o público

  • Música | Do R7

Neurologista pediu à família que cantor mantenha shows enquanto estiver feliz

Neurologista pediu à família que cantor mantenha shows enquanto estiver feliz

Reprodução/Instagram

Tony Bennett, um os grandes nomes do jazz mundial, usou as redes sociais, nesta segunda-feira (1º), para dizer ao público que está com Alzheimer. "A vida é uma bênção, mesmo com Alzheimer. Obrigado Susan e minha família pelo apoio e AARP por contar a minha história."

De acordo com a revista American Association of Retired Persons, o músico norte-americano descobriu a doença em 2016. 

Tony Bennett é casado com Susan Crow desde 2007. À publicação, ela contou que recebe a ajuda de um cuidador para realizar as tarefas de casa para o marido.

"Tenho meus momentos, e fica muito difícil", disse Susan. "Não é divertido discutir com alguém que não te entende", afirmou ela. "Mas me sinto mal falando sobre isso, porque temos muito mais sorte do que tantas pessoas com esse diagnóstico. Temos uma equipe tão boa. Danny cuida dos negócios de Tony. Temos ótimos médicos nos ajudando com exercícios", contou. 

Susan disse que já na época da descoberta da doença, Bennett já não entendia o diagnóstico: "Ele me perguntava: 'O que é Alzheimer?'. Eu explicaria, mas ele não entendia. Ele me dizia: 'Susan, me sinto bem'".

Ainda de acordo com a revista, a família de Tony Bennett foi incentivada pelo neurologista do cantor, que o músico mantenha suas apresentações enquanto estiver feliz. Gravar novas músicas seria uma nova forma de terapia para Bennett. "Isso [cantar e atuar] o mantem alerta e também estimula seu cérebro de maneira significativa", afirmou o médico Gayatri Devi.

Embora esteja com a doença, está nos planos de Tony repetir uma nova parceria com Lady Gaga. A primeira vez que estiveram juntos foi em 2015, quando a cantora lançou o álbum Cheek to Cheek. O sucesso rendeu aos dois o Grammy de Melhor Álbum Vocal Pop Tradicional.

Últimas