Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Best of Blues and Rock 2023: Tom Morello encerra festival com guitarra bombástica

Neste domingo (4), em São Paulo, o último dia do evento ainda trouxe shows de Day Lymns, Goo Goo Dolls, Ira! e Buddy Guy

Música|Daniel Vaughan, do R7

Tom Morello se apresentou no Best of Blues and Rock 2023 pela segunda vez
Tom Morello se apresentou no Best of Blues and Rock 2023 pela segunda vez Tom Morello se apresentou no Best of Blues and Rock 2023 pela segunda vez

O terceiro dia do festival Best of Blues and Rock aconteceu neste domingo (4), no parque Ibirapuera, em São Paulo. Em 2023, o evento está comemorando dez anos de atividade, em três dias de shows com grandes nomes do blues e rock mundial.

Neste último dia, os fãs curtiram Day Lymns, Goo Goo Dolls, Ira!, Buddy Guy e Tom Morello.

A brasileira Day Limns foi encarregada de abrir o evento, mostrando influências de rock e pop punk.

Depois, foi a vez do grupo Ira! subir ao palco. O repertório do grupo foi recheado de sucessos, como Rubro Zorro, Tarde Vazia e Flores em Você. Day Limns participou na música Eu Quero Sempre Mais.

Publicidade

Já o Goo Goo Dolls entrou no fim da tarde. Passeando entre canções mais antigas e novidades, o grupo tocou músicas como Better Days, Broadway, Bringing on The Light e Stay With You. No bis, a plateia foi ao delírio com o sucesso mundial Iris.

A penúltima atração da noite foi Buddy Guy, que também se apresentou ontem no festival.

Publicidade

Um dos melhores momentos aconteceu no final do show, quando dois filhos de Buddy e Tom Morello subiram ao palco para fazer blues com o mestre.

Porrada sonora

Depois de dar uma palhinha com Buddy Guy, Tom Morello voltou ao palco para mostrar sua técnica diferenciada de guitarra.

Publicidade

Como ele se apresentou no primeiro dia do evento, o repertório desta noite foi bem similar ao da sexta-feira (2).

O guitarrista fez uma apresentação bombástica
O guitarrista fez uma apresentação bombástica O guitarrista fez uma apresentação bombástica

Acompanhado da ótima banda Freedom Fighter Orchestra e se revezando entre versões com vocais e instrumentais, Tom Morello fez uma apresentação bombástica.

Para os fãs de Rage Against the Machine, o músico criou um mix com riffs de guitarra do grupo, que incluíram pedradas do tipo Sleep Now in the Fire, Guerrilla Radio e outras.

Também apareceram músicas dos diversos projetos de Tom, como Hold The Line (solo), One Man Revolution (The Nightwatchman) e a parceria com Bruce Springsteen (Ghost of Tom Joad).

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Ele ainda repetiu a bela homenagem ao falecido parceiro de Audioslave, Chris Cornell, com o hit Like a Stone, do famoso grupo. Um telão exibiu uma foto do cantor.

Entre muitos solos de guitarra, o clássico Voodoo Child, de Jimi Hendrix, foi exibido de forma instrumental e incendiária.

Tom Morello encerrou as apresentações do festival
Tom Morello encerrou as apresentações do festival Tom Morello encerrou as apresentações do festival

E, diferentemente da noite anterior, ele pegou o violão e cantou Rebel Songs, ainda pedindo a todos que se agachassem antes do som.

No bis, Tom Morello deixou o hino do RATM, Killing in the Name, ser cantado pela plateia. Uma espécie de karaokê da pesada. Além disso, o grupo emendou uma versão de Power to the People, de John Lennon.

Com tantas apresentações bacanas em três dias de evento, o Best of Blues and Rock 2023 comemorou seu aniversário de dez anos de forma inesquecível. Que venham outras edições.

Confira as fotos do terceiro e último dia do Best of Blues and Rock

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.