Coronavírus: Busca por 'Lollapalooza cancelado' cresce 4.050% no Google

Preocupação com a doença fez aumentar, consideravelmente, interesse por notícias sobre possíveis cancelamentos no mundo do entretenimento 

Festival está mantido para os dias 3, 4 e 5 de abril

Festival está mantido para os dias 3, 4 e 5 de abril

Divulgação

O novo coronavírus, que nesta quarta-feira (11) foi classificado como "pandemia" pela OMS (Organização Mundial da Saúde), também vem causando impactos no mercado pop. A preocupação com a doença fez aumentar em 4.050% as buscas pelo termo "Lollapalooza cancelado", nos últimos sete dias, no Google. 

A organização do festival de música, no entanto, mantém a realização do evento, marcado para acontecer nos dias 3, 4 e 5 de abril, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A expectativa é reunir mais de 65 mil pessoas, por dia de apresentação, na capital paulista. 

O interesse geral por cancelamentos relacionados ao coronavírus também cresceu significativamente no País. Buscas sobre o vírus associadas às palavras "cancelamento" ou "cancelado" registraram aumento de 480% — quando comparado com os números apresentados pelo site de buscas, na quarta-feira passada (4). 

O avanço da doença vem provocando uma onda de adiamentos e cancelamentos no mundo do entretenimento. O Festival Coachella, previamente marcado para a segunda e terceira semana de abril, foi adiado para outubro, nos Estados Unidos, por conta da preocupação com o aumento de casos. Enquanto que os festivais Ultra Music e Tomorrowland foram suspensos.