Coronavírus: The Pussycat Dolls adia vendas de ingressos no Brasil

Apesar da prorrogação, apresentação do grupo norte-americano segue confirmada para os dias 13, 16 e 18 de junho

The Pussycat Dolls: shows estão confirmados para junho

The Pussycat Dolls: shows estão confirmados para junho

Divulgação

O grupo The Pussycat Dolls adiou a abertura de vendas para os show no Brasil, que seriam realizadas a partir desta terça-feira (17). 

A produção informou que a medida acontece "devido ao cenário adverso da propagação do coronavírus e seguindo também as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde".

Apesar da prorrogação, a apresentação da banda norte-americana segue confirmada para junho, nos dias 13 (São Paulo), 16 (Uberlândia) e 18 (Ribeirão Preto).

A nova data de abertura de vendas de ingressos será divulgada em breve.

História de sucesso

The Pussycat Dolls foi formado, em Los Angeles (EUA), em 2003,  e alcançou o sucesso global com o álbum de estreia PCD (2005). O disco vendeu 3 milhões de cópias nos Estados Unidos e emplacou os hits em diversas paradas em todo o mundo.

O segundo trabalho do grupo veio, em 2008. Doll Domination foi aclamado pela crítica e apresentou ao mundo os singles When I Grow Up, I Hate This Part, Hush Hush; Hush Hush e o ganhador do Oscar de Melhor Canção Original de 2009, Jai Ho! (You Are My Destiny). A turnê Doll Domination foi um sucesso, com 51 apresentações e ótimas críticas da imprensa especializada.

Em 2009, o grupo anunciou uma pausa na carreira. E, dez anos depois, a banda anunciou a volta aos palcos com a turnê Unfinished Business, que tem datas marcadas na Europa, Oceania, Ásia e Brasil.