Música Luis Fonsi lança música em português com Zé Neto e Cristiano

Luis Fonsi lança música em português com Zé Neto e Cristiano

O artista, de 'Despacito', falou sobre a criação do hit 'Por Isso Que Eu Bebo' e como foi a parceria com a dupla sertaneja

  • Música | Gabrielle Pedro, Do R7

Resumindo a Notícia

  • Luis Fonsi, Thyy e a dupla Zé Neto e Cristiano lançam 'Por Isso Que Eu Bebo'
  • Ao R7, o artista porto-riquenho comentou sobre o sonho de cantar com artistas brasileiros
  • O dono de 'Despacito' falou ainda sobre as dificuldades com o idioma
  • Além disso, comentou sobre a gravação do clipe, em São Paulo
Thyy, Luis Fonsi, Zé Neto e Cristiano (da esquerda para a direita)

Thyy, Luis Fonsi, Zé Neto e Cristiano (da esquerda para a direita)

Divulgação

Apaixonado pela cultura brasileira, Luis Fonsi lança pela 1ª vez, nesta sexta-feira (5), uma música completamente em português em parceria com o cantor Thyy e a dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano. Em entrevista ao R7, o músico porto-riquenho contou que a canção intitulada como Por Isso Que Eu Bebo é a realização de um sonho que nutria em querer trabalhar com artistas brasileiros.

"Eu já tinha falado com a minha gravadora, minha agente e com os meus empresários, que já tinham me levado para fazer alguns shows no Brasil, que eu gostaria de fazer música com artistas brasileiros. Sempre que viajava ao Brasil, eu perguntava quando íamos convidar alguém para trabalhar em um projeto que fosse em português e para a povo daqui", disse Fonsi.

Luis Fonsi é ganhador de cinco Grammys

Luis Fonsi é ganhador de cinco Grammys

Divulgação

O artista acredita que apesar da proximidade territorial, há uma falta de união entre os demais artistas da América Latina com os músicos brasileiros. "Para mim, há uma falta de união entre a música latina e as músicas brasileira e estando tão próximos, fisicamente falando, acho que há espaço para fazer mais coisas", explicou o porto-riquenho.

Para isso, o artista ganhador de cinco Grammys Latino conta que a decisão de trazer Thyy e Giuliano Matheus para colaborar na composição da música veio em boa hora e foi muito assertiva.

Brasileiro radicado em Portugal, Thyy comemora a parceria ao lado do ídolo. "Para mim, foi muito especial poder compor essa música ao lado do Fonsi e do Giuliano. Eu acho que a gravação do videoclipe foi muito especial. Sempre fui um grande fã do Fonsi, já tinha ido há alguns shows dele, mas poder trabalhar com ele foi realmente uma grande honra para mim e eu acho que o público vai conseguir ver e sentir a nossa energia passada no clipe", conta.

Thyy e Luis Fonsi são dois dos compositores

Thyy e Luis Fonsi são dois dos compositores

Divulgação

Escolha de Zé Neto e Cristiano

Além de explorar o som latino presente ao longo de toda a música, Por Isso Que Eu Bebo também tem um ritmo sertanejo construído com a ajuda da dupla Zé Neto e Cristiano. Por isso, os artistas explicam como surgiu a ideia de convidar os sertanejos.

"Foi uma uma decisão em conjunto. Quando terminamos de compor a música pensando quem poderia ser o artista brasileiro que poderia agregar a música, porque o Fonsi é um artista amado em todo o mundo, eu (apesar de brasileiro) tenho o meu trabalho em Portugal e eu acho que Zé Neto e Cristiano completam essa brasilidade que queríamos dar para a música", explicou Thyy.

"Eu acredito que poder misturar esses gêneros diferentes só podem somar e conseguir abrir mais portas. Zé Neto e Cristiano têm esse som autêntico sertanejo que quando a gente escuta já sabemos a quem se refere. É isso o que queríamos para a música, que atinja a diferentes públicos. Eles têm muito talento e quando se misturam coisas interessantes, o resultado tende a ser algo bonito", diz Fonsi.

Thyy, Luis Fonsi, Zé Neto e Cristiano (da esquerda para a direita)

Thyy, Luis Fonsi, Zé Neto e Cristiano (da esquerda para a direita)

Divulgação

Por fim, artista latino falou sobre a dificuldade em gravar a música inteiramente em português e como se deu a comunicação com os outros artistas durante o clipe, que foi gravado em São Paulo.

"Desde o começo me cerquei de gente que fala um pouco de espanhol, como o Thyy que me entende muito bem, mas de pouquinho em pouquinho nos entendíamos" contou aos risos. "Eu fiz o melhor que pude para cantar em português, já me desculpo se não o fiz muito bem, mas acredito que no final do dia o principal denominador comum é a música. Quando se tem música no meio, todos se entendem e acabam falando o mesmo idioma", concluiu.

Últimas