Música Morre Carlos Lyra, um dos criadores da bossa nova, aos 90 anos

Morre Carlos Lyra, um dos criadores da bossa nova, aos 90 anos

O artista estava internado em um hospital particular na zona oeste do Rio de Janeiro desde a última quinta-feira (14)

  • Música | Do R7

Morre, aos 90 anos, Carlos Lyra, um dos ícones da bossa nova

Morre, aos 90 anos, Carlos Lyra, um dos ícones da bossa nova

Reprodução/Instagram/carloslyra_oficial - 19/7/2018

Na madrugada deste sábado (16), morreu o cantor Carlos Lyra, um dos criadores da bossa nova, aos 90 anos. Segundo informações da RECORD Rio, o artista estava internado em um hospital particular na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, desde a última quinta-feira (14).

Segundo publicação nas redes sociais do artista, a morte foi "inesperada". Ainda não há informações sobre o velório e o sepultamento do corpo do compositor.

Carlos Lyra nasceu no Rio de Janeiro, em 1933. O artista aprendeu a tocar violão na adolescência, quando ganhou o instrumento porque precisaria ficar de cama por seis meses após ter quebrado a perna em uma competição esportiva.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Entretenimento no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Durante a juventude, ele montou a Academia de Violão, com o compositor Roberto Menescal. Dessa forma, os dois começaram a viver de música e conheceram nomes como Marcos Valle, Nara Leão e outros.

Lyra fez parte da primeira geração da bossa nova. A música que o deixou famoso é Menino, gravada, em 1956, por Sylvia Telles. Outras composições célebres do artista são Maria Ninguém, Você e Eu e Minha Namorada, por exemplo.

Carlos Lyra deixa uma filha, Kay Lyra, fruto do relacionamento que teve com a atriz e modelo americana Kate Lyra, e a mulher, a produtora Magda Botafogo.

Rita Lee, Matthew Perry e Gloria Maria: veja famosos que morreram em 2023

Últimas