Rei do Coladinho, Paulynho Paixão morre após queda de moto no Piauí

Cantor conhecido no nordeste do Brasil foi autor de sucessos do brega, arrocha e do forró com milhões de visualizações no YouTube

Paulynho foi autor de sucessos do brega

Paulynho foi autor de sucessos do brega

Reprodução/Instagram

Paulynho Paixão, conhecido como o Rei do Coladinho no nordeste do País, morreu na madrugada desta sexta-feira, 3.

Ele havia batido o carro por volta das 22 horas de quinta, 2, próximo à cidade de Passagem Franca do Piauí, e resolveu voltar ao local horas depois de moto. As informações foram divulgadas pela TV Clube.

No caminho, próximo ao município de São Miguel da Barra Grande, 160 km da capital Teresina, o cantor caiu na PI-225 e sofreu ferimentos graves.

Os irmãos de Paulynho foram à rodovia buscar o carro com o qual ele tinha colidido horas antes e acabaram encontrando o músico no chão após queda de moto.

O artista foi encaminhado a um hospital próximo, mas morreu por volta das 3 horas da manhã desta sexta.

Seu velório será na cidade onde nasceu, em São Miguel da Barra Grande.

Em agosto de 2019, ele foi enquadrado na Lei Maria da Penha e acabou preso sob a acusação de agredir a companheira.

Em liberdade, ele virou réu em fevereiro de 2020 após a justiça acatar uma denúncia do Ministério Público do Maranhão, onde o caso ocorreu.

Paulynho foi autor de sucessos do brega, arrocha e do forró com milhões de visualizações no YouTube, como Onde Anda Meu Amor, Volta Volta, Meu Amor Voltou e Foi Amor.

O cantor deixa duas filhas pequenas, Jady e Gabriela.