Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Rolling Stones anunciam nova turnê nos Estados Unidos e Canadá

Há rumores de que a banda liderada por Mick Jagger também virá ao Brasil em algum momento de 2024

Música|Do R7

Ron Wood, Keith Richards e Mick Jagger, os três músicos remanescentes da banda
Ron Wood, Keith Richards e Mick Jagger, os três músicos remanescentes da banda Ron Wood, Keith Richards e Mick Jagger, os três músicos remanescentes da banda

Liderada por Mick Jagger, de 80 anos, e Keith Richards, que completará 80 anos em dezembro, a banda The Rolling Stones anunciou nesta terça-feira (21) uma turnê em 2024, após o lançamento de seu mais recente álbum, Hackney Diamonds.

Por enquanto, a turnê abrange apenas Estados Unidos e Canadá, com 16 cidades agendadas entre 28 de abril de 2024, em Houston (Texas), e 17 de julho, em Santa Clara (Califórnia). 

Até agora, nenhuma turnê europeia ou pela América do Sul foi anunciada. A última no continente foi em 2022. 

A icônica banda britânica, com 61 anos de existência, lançou Hackney Diamonds em 20 de outubro. Esse 24º álbum de estúdio é o primeiro com músicas originais em 18 anos. 

Publicidade

Conta com a participação de diversas estrelas, como Lady Gaga, Paul McCartney, Elton John e Stevie Wonder. 

Pilar dos Beatles, McCartney toca baixo pela primeira vez com os Stones em Bite My Head Off

Publicidade

A suposta rivalidade Stones-Beatles, um grande golpe de marketing, nunca existiu de verdade. Paul McCartney e John Lennon forneceram, por exemplo, backing vocals na música We Love You, dos Stones, de 1967. 

"Se você pode ter um dos Beatles na sua música, então você deve fazer isso", disse Keith Richards ao jornal britânico The Telegraph. E acrescentou: "Sempre fomos grandes amigos". 

Publicidade

Coincidentemente, os Beatles, separados desde 1970, voltaram à tona em 2 de novembro com uma música oficial recuperada com a ajuda de inteligência artificial

Now and Then foi tirada de uma "demo" de John Lennon do fim dos anos 1970, que a gravou em seu apartamento em Nova York. Após seu assassinato, em 1980, sua viúva, Yoko Ono, deu a fita, com voz e piano, aos demais membros da banda, em 1994. 

Recentemente, a IA tornou possível isolar a voz de Lennon e misturá-la com registros de outros músicos, incluindo George Harrison, que gravou sua guitarra antes de morrer, em 2001.

A música foi completada e interpretada pelos dois membros ainda vivos, Paul McCartney, de 81 anos, e Ringo Starr, de 83.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.