Pop Lucasfilm demite Gina Carano, de "O Mandaloriano", após postagens polêmicas

Lucasfilm demite Gina Carano, de "O Mandaloriano", após postagens polêmicas

GENTE-GINACARANO-DEMITIDA:Lucasfilm demite Gina Carano, de "O Mandaloriano", após postagens polêmicas

Reuters - Entretenimento

(Reuters) - A Lucasfilm, estúdio de cinema de propriedade da Walt Disney, anunciou na quarta-feira que demitiu Gina Carano, atriz destacada de sua série "O Mandaloriano", por causa de postagens nas redes sociais que traçaram paralelos entre a perseguição de judeus na Alemanha nazista e as atitudes modernas em reação a pessoas com pontos de vista políticos diferentes.

"Gina Carano não está empregada atualmente na Lucasfilm, e não há planos para que esteja no futuro", disse um porta-voz da Lucasfilm em um comunicado.

"Entretanto, suas postagens em redes sociais denegrindo pessoas com base em suas identidades culturais e religiosas são abomináveis e inaceitáveis", acrescentou o comunicado.

Não foi possível contatar nem Carano, nem seus representantes de imediato para obter comentários.

"O Mandaloriano", exibido pelo serviço de streaming Disney+, é um seriado que se passa na galáxia muito, muito distante vista nas telas pela primeira vez em 1977 no filme "Star Wars – Uma Nova Esperança".

Em uma publicação em seu Instagram na noite de terça-feira, a atriz comparou as diferenças políticas contemporâneas ao tratamento dos judeus na Alemanha nazista, noticiou o site de notícias de entretenimento Variety.

"Como a história é editada, a maioria das pessoas hoje não percebe que, para se chegar ao ponto em que soldados nazistas podiam apreender milhares de judeus facilmente, o governo primeiro fez seus próprios vizinhos os odiarem simplesmente por serem judeus. Como isso é diferente de odiar alguém por suas opiniões políticas?", disse a reportagem citando uma postagem que ela compartilhou no Instagram.

(Por Rama Venkat em Bengaluru e Lisa Richwine em Los Angeles)

Últimas