Pop Pandemia? Filmes na TV dos EUA evitam Covid-19 para período de Natal

Pandemia? Filmes na TV dos EUA evitam Covid-19 para período de Natal

TV-PANDEMIA:Pandemia? Filmes na TV dos EUA evitam Covid-19 para período de Natal

Reuters - Entretenimento

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) - A cirurgiã fictícia de "Grey's Anatomy", Meredith Gray, foi atingida pela Covid-19, enquanto personagens da série "Superstore" acumulavam papel higiênico. Mas o Natal --completo com cantores de músicas natalinas, reuniões familiares e romance-- será uma zona amplamente livre do coronavírus na televisão norte-americana.

As séries de TV estão adotando abordagens variadas para a pandemia em seus enredos, com programas como "The Conners" falando sobre o tema, comédias como "Mom" ignorando completamente e o drama "This is Us" trabalhando nisso, mas não como um tema central.

No entanto, quando se trata de Natal, o escapismo ainda impera.

O Hallmark Channel e a rede irmã Hallmark Movies & Mysteries estão lançando 39 filmes para a TV neste ano --todos feitos desde a pandemia, mas nenhum deles mencionando o vírus.

"A marca Hallmark trata de conexões, relacionamentos, amor e celebrações da temporada de festas", disse Michelle Vicary, vice-presidente executiva de programação da Crown Media, dona dos canais Hallmark.

Apesar dos rígidos protocolos de filmagem que significam mais efeitos especiais e menos beijos, os filmes de Natal da Hallmark têm todos os toques reconfortantes que os espectadores esperam, segundo Vicary.

Robert Thompson, professor de cultura pop da Syracuse University, disse que os filmes de Natal não foram feitos para refletir a realidade.

“Isso não quer dizer que não haja espera lá fora por 'Um Natal Muito Pandêmico', em que as pessoas em uma pequena pousada em Vermont descobrem que não podem se juntar para o Natal porque um deles está em quarentena”, brincou Thompson.

Últimas