Príncipe Harry e Meghan começam eventos reais de despedida

LONDRES (Reuters) - O príncipe britânico Harry e sua esposa Meghan apareceram juntos em um compromisso oficial nesta quinta-feira pela primeira vez desde que anunciaram em janeiro que deixarão suas obrigações oficiais como membros da realeza. 

A aparição do Duque e Duquesa de Sussex, como são conhecidos o neto da Rainha Elizabeth e Meghan são oficialmente conhecidos, foi em uma cerimônia de premiação para funcionários feridos de serviços e será uma das últimas participações oficiais do casal como membros da família real em serviço.

O casal irá encerrar seus deveres reais no final do mês enquanto buscam encontrar um "novo papel progressivo", baseados principalmente na América do Norte, e que será financiado por eles mesmos. 

Embora Harry continue sendo príncipe, o casal decidiu não utilizar seus títulos de "sua alteza real" --e não utilizará a palavra "real" em suas marcas, embora eles tenham dito que não há jurisdição da monarquia ou do governo que os impeçam de usar a palavra no exterior. 

O casal passou a maior parte do tempo no Canadá desde o surpreendente anúncio feito em janeiro. 

O último compromisso oficial de Meghan era o de visitar a Canada House, em Londres, dias antes do anúncio. O príncipe retornou aos seus compromissos reais no final do mês passado, quando o apresentador do evento disse que as pessoas deveriam apenas "chamá-lo de Harry".

Na quinta-feira, o casal compareceu à premiação anual do Endeavour Fund Awards, na Mansion House, que reconhece os feitos de homens e mulheres feridos ou adoecidos que participaram de desafios nos campos do Esporte e Aventura.

Uma vaia alta foi ouvida entre o público que esperava do lado de fora do local do evento enquanto o casal sorridente chegou segurando um guarda-chuva para se proteger da chuva que caía no momento em meio as flashes de fotógrafos amontoados na porta. 

Harry, que é o sexto na linha de sucessão do trono, irá participar sozinho de um compromisso na próxima sexta-feira ao inaugurar um novo museu dedicado ao automobilismo britânico onde estará ao lado do campeão mundial de Fórmula Um Lewis Hamilton. 

(Reportagem de Michael Holden)