Produtora de James Bond descarta versão feminina de 007, diz Variety

LONDRES (Reuters) - A próxima versão de James Bond não será uma mulher, disse a produtora da franquia em uma entrevista, em meio ao aumento das especulações sobre quem poderia substituir Daniel Craig como o lendário agente 007.

Craig, de 51 anos, deve deixar o papel após o próximo filme de Bond, "007 – Sem Tempo para Morrer", que estreará em abril.

Há muitos rumores sobre quem poderia assumir seu lugar e sobre uma possível Bond mulher, mas a produtora Barbara Broccoli disse à revista Variety que, com certeza, será um homem.

"Ele pode ser de qualquer cor, mas é homem", disse a produtora do filme ao lado de Michael G. Wilson.

A franquia é uma das mais lucrativas do cinema -- "007 Contra Spectre", de 2015, arrecadou 880 milhões de dólares em bilheterias de todo o mundo, e "007 – Operação Skyfall", de 2012, mais de 1 bilhão globalmente.

Broccoli disse que apoia a criação de personagens femininas fortes, mas acrescentou: "Não estou particularmente interessada em pegar um papel masculino e fazer uma mulher interpretá-lo. Acho que as mulheres são muito mais interessantes do que isso".

(Por Sarah Young)