Spike Lee é nomeado presidente do júri do Festival de Cannes 2020

PARIS (Reuters) - O diretor norte-americano Spike Lee foi nomeado presidente do júri do Festival de Cannes em 2020, informou a organização do evento nesta terça-feira.

Com 62 anos, Lee vai suceder o mexicano Alejandro González Iñárritu na condução do painel responsável por entregar a Palma de Ouro.

"Estou honrado em ser a primeira pessoa da diáspora africana a ser nomeada presidente do júri de Cannes e de um dos grandes festivais de cinema", disse Lee em um comunicado.

Sua produção mais recente, "Infiltrado na Klan", foi escolhida como melhor filme na edição de 2018 do festival.

A premiação deste ano está prevista para acontecer entre 12 e 23 de maio.

Outros membros do júri serão anunciados em meados de abril.

(Por Matthieu Protard)