Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Mulheres, cuidado com os ‘Fernandos’ da vida real

Ator vem demonstrando comportamento agressivo e abusivo quando os embates envolvem as meninas da casa

Blog do Bruno Tálamo|Bruno TálamoOpens in new window

Fernando discute com Any

O participante Fernando Sampaio, de A Grande Conquista 2, chochou o público - ou boa parte dele - ao simular uma cabeçada em direção a Any após uma discussão com a empresária. O motivo alegado para tamanho destempero deve-se ao fato dela ter citado a profissão dele no meio do entrevero.

Independentemente do quão ofendido o artista possa ter se sentido, nada justifica oprimir uma mulher com uma incitação a uma agressão física. Sim, foi exatamente isso que ele fez. Um ato totalmente covarde e que não foi repreendido por nenhum conquisteiro do sexo masculino presente à discussão, salvo o policial Felipe Vilas Boas, que recriminou a atitude imediatamente.

O ator demonstra ser um leão de briga ao se ver confrontado por mulheres, mas quando a treta é com homem... o leão vira gatinho. Guipa o apontou em uma dinâmica. Mas Fernando recuou. Falou baixo. Em tom ameno e apaziguador. Já com a Dona Geni, gritou e colocou, mais uma vez, seu dedo em riste para expor seus sentimentos.

Recordemos que, na primeira fase no programa, ainda na vila, o artista — em mais um momento de suas confusões — simplesmente cometeu o ato mais absurdo contra uma mulher dentro de um reality que já vi na vida. Simplesmente insinuou suas partes íntimas para a jornalista Luiza Aragão, além de prensar a porta contra sua mão. Por sorte ela foi rápida para não perder os dedos.

Publicidade

Se em um ambiente com câmeras espalhadas por todos os cômodos e vigiado 24 horas por dia ele foi capaz dessas atrocidades, como será que ele se comporta quando discute com uma mulher no trânsito, numa fila de banco, e por aí vai.

Comportamento abusivo e agressivo não se resumem apenas quando uma mulher recebe, de fato, um soco ou um chute. Gritos, dedo na cara, simulação de cabeçada também se configuram como algo tóxico e jamais deve ser relativizado e, muito menos, tolerado. Mulheres, cuidado com os “Fernandos” da vida real.

Publicidade




Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.