Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Estante da Vivi
Publicidade

Nova edição de ‘Arquitetura Sensorial’ reflete sobre espaços para pessoas autistas

Livro lançado em 2017 a partir de uma dissertação logo virou bibliografia obrigatória para estudantes e profissionais da área

Estante da Vivi|Vivian MasuttiOpens in new window

Capa do livro 'Arquitetura Sensorial' (Divulgação)

Lançado originalmente em 2017, o livro “Arquitetura Sensorial - A Arte de Projetar para Todos os Sentidos” (R$ 89, 260 págs.), de Juliana Duarte Neves, ganha agora segunda edição, revista e ampliada, pela Mapa Lab.

A base da obra é a dissertação da autora — concluída na PUC Rio com pesquisa na Brown University, nos Estados Unidos. Ela aborda o desenvolvimento de projetos dirigidos aos demais sentidos além da visão e virou bibliografia básica para estudantes, arquitetos e designers.

A nova edição traz exemplos atuais e um capítulo inédito, com os desdobramentos da arquitetura sensorial. Nele, estão reflexões feitas por Lorí Crízel, sobre a neuroarquitetura, e por Ana Paula Chacur, especialista em elaboração de ambientes para indivíduos com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

“Embora nem sempre seja possível perceber, o que nos envolve ao entrarmos em um ambiente não é somente o que vemos dele, mas também os sentimentos que desperta, as emoções que traz e o grau de conexão que experimentamos naquele espaço físico. A temperatura, o aroma, a umidade do ar, a intensidade da luz, os sons do ambiente, a resposta do piso aos nossos passos”, fala Juliana.

Publicidade

“Arquitetura Sensorial” reúne ainda exemplos de construções que consideram a experiência do visitante para além da visão: o Thermal Baths, na Suíça, que tem como finalidade o bem-estar dos visitantes; o Blur Building, um pavilhão de exposições temporário em formato de nuvem, também na Suíça; e o Museu dos Judeus de Berlim, do arquiteto Daniel Libeskind, que evoca o sentimento de solidariedade às vítimas do Holocausto.

Além do livro impresso, serão lançadas as versões em ebook — em português e em inglês — além do audiobook.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.