Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Estante da Vivi
Publicidade

Violência, assédio, morte e recomeço: literatura feminina domina lista dos dez livros de ficção mais vendidos em 2024

Colleen Hoover é a autora mais lida, com quatro obras no ranking

Estante da Vivi|Vivian MasuttiOpens in new window


A Biblioteca da Meia-Noite
Capa de 'A Biblioteca da Meia-Noite', de Matt Haig Divulgação

Não tem para ninguém.

São temas intrínsecos às questões femininas, como violência psicológica, suicídio, assédio e volta por cima, o foco de todos os livros mais vendidos de ficção de 2024, segundo tradicional lista publicada pelo site Publishnews.

Pelo terceiro ano consecutivo, a best-seller americana Colleen Hoover, 44 anos, foi o grande destaque do primeiro semestre, desbancando nomes nacionais de peso, como Carla Madeira e Itamar Vieira Jr.

São dela quatro das dez obras líderes de vendas: É Assim que Acaba (2016) — prestes a ir para os cinemas —, É Assim que Começa (2022), Verity (2018) e Todas as Suas (Im)Perfeições (2018).

Publicidade

Todas tratam, cada uma ao seu modo, de como é ser mulher hoje.

O primeiro lugar do ranking segue com A Biblioteca da Meia-Noite, com uma protagonista que, após um acontecimento trágico, ganha chance de viver todas as experiências que gostaria de ter tido.

Outras histórias que põem mulheres no centro da narrativa são as de Tudo É Rio, A Filha dos Rios, A Empregada, A Paciente Silenciosa e Em Agosto nos Vemos.

Veja a lista dos dez mais vendidos de ficção em 2024:

  1. A Biblioteca da Meia-Noite, de Matt Haig (R$ 59,90; 308 págs., Bertrand Brasil): 30.162 exemplares
  2. É Assim que Acaba, de Colleen Hoover (R$ 59,90; 368 págs., Galera Record): 27.161 exemplares
  3. Tudo É Rio, de Carla Madeira (R$ 59,90; 210 págs., Record): 26.032 exemplares
  4. É Assim que Começa, de Colleen Hoover (R$ 59,90; 336 págs., Galera Record): 19.797 exemplares
  5. Verity, de Colleen Hoover (R$ 59,90; 320 págs., Galera Record): 19.210 exemplares
  6. Em Agosto nos Vemos, de Gabriel García Márquez (R$ 59,90; 132 págs., Record): 14.200 exemplares
  7. A Empregada (R$ 59,90; 304 págs., Arqueiro): 13.854 exemplares
  8. A Paciente Silenciosa, de Alex Michaelides (R$ 59,90; 350 págs., Record): 11.134 exemplares
  9. A Filha dos Rios (R$ 49,90; 192 págs., Buzz): 10.660 exemplares
  10. Todas as suas (Im)perfeições, de Colleen Hoover (R$ 59,90; 304 págs., Galera Record): 10.236 exemplares

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.