Fabíola Reipert Gusttavo Lima é contratado por R$ 1,3 milhão para fazer show em cidade em estado de emergência

Gusttavo Lima é contratado por R$ 1,3 milhão para fazer show em cidade em estado de emergência

Prefeito de Campo Alegre de Lourdes (BA) justificou o espetáculo: "Pré-contrato foi feito antes"

Em setembro de 2023, a cidade de Campo Alegre de Lourdes (BA) decretou estado de emergência por conta da seca que afeta a região. Com a intenção de atrair investimento e movimentar o turismo, a prefeitura contratou Gusttavo Lima pelo cachê de R$ 1,3 milhão, sem contar hospedagem, alimentação e transporte.

Na internet, diversas pessoas estranharam e criticaram este gasto. "R$ 1,3 milhão em show e declarando estado de emergência? Toma vergonha, prefeito", escreveu uma internauta.

Após as polêmicas, o prefeito falou com exclusividade com A Hora da Venenosa. "Gostaria de esclarecer que o pré-contrato foi feito antes da cidade entrar em estado de emergência", justificou Enilson Marcelo da Silva.

A assessoria do cantor Gusttavo Lima alegou em nota que não tem a competência para fiscalizar as contas públicas dos municípios, mas preza pela legalidade dos contratos.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas