Flavio Ricco Band adota cuidados após vazamento de vídeo com morador de rua

Band adota cuidados após vazamento de vídeo com morador de rua

Givaldo Alves de Souza, o pivô de todo caso

Givaldo Alves de Souza, o pivô de todo caso

REPRODUÇÃO/RECORDTV

Depois do vazamento de um vídeo com a entrevista do morador de rua que foi espancado por um personal trainer, a Band decidiu redobrar os cuidados em relação ao “material bruto” de suas matérias.

Um protocolo passará a existir para evitar que episódios assim se repitam.

Conforme noticiado neste espaço na última sexta-feira, a direção da Band, em São Paulo, iniciou uma operação para tentar identificar, entre seus funcionários, o responsável pelo vazamento de um vídeo contendo material bruto de uma entrevista, realizada por sua TV do Distrito Federal com o morador de rua Givaldo Alves de Souza.

Nas redes sociais, muita gente chegou a pensar que a própria Band havia espalhado o vídeo e não faltaram críticas ao canal. 

As imagens foram parar em sites de fofoca e também em diversos grupos de WhatsApp, com pormenores de como tudo teria acontecido entre Givaldo e a esposa do personal trainer em Planaltina, encontrada com ele dentro de um carro. As imagens, captadas por uma câmera de segurança também foram disseminadas.

Em comunicado à imprensa, a Band confirmou o vazamento e na sexta-feira identificou o responsável, que foi demitido imediatamente.

Devido à gravidade do problema, agora se discute internamente uma ação para que isso não se repita futuramente.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas