Bianca Rinaldi fala sobre sucesso de “Isaura” e isolamento 

Bianca Rinaldi, protagonista de "A Escrava Isaura"

Bianca Rinaldi, protagonista de "A Escrava Isaura"

Instagram

“Essa audiência é o reconhecimento de um trabalho feito com paixão por todos os envolvidos. Um marco na minha carreira”.

Declaração de Bianca Rinaldi, protagonista de “A Escrava Isaura”, a respeito do desempenho da novela na última quarta-feira, dia 1º. 

O capítulo deixou a Record em segundo lugar isolado nas audiências de São Paulo e Rio de Janeiro.

Exibida das 15h16 às 15h59,  ficou, ainda, 14 minutos na liderança em São Paulo, sendo 11 deles isolados!

Foi também recorde de audiência: com 8,7 pontos de média e 20% de share, conquistou o seu melhor desempenho de 2020 e atingiu pico de 11 pontos.

Na quinta-feira, outro bom desempenho: o capítulo alcançou o segundo lugar absoluto nas audiências de São Paulo e Rio de Janeiro.

E, na prévia de hoje, sexta, fechou com 8,4, novamente na vice-liderança.

Ainda sobre “Isaura”, Bianca Rinaldi não economiza elogios ao diretor Herval Rossano (1935-2007) e ao autor Tiago Santiago, que acreditaram no seu trabalho:  

“Um profissional dos mais generosos que eu já conheci. Sempre me deixou muito segura no set de gravação. Fico feliz de ter feito parte dessa fase dele como diretor, bem mais descontraído e tão bem humorado.”

Quanto ao roteirista: “Tiago Santiago foi uma das mais gratas surpresas na minha vida. Somos hoje grandes amigos e, ele, padrinho das nossas gêmeas. Sempre disposto a ouvir o ator e a aceitar sugestões. Pessoas incríveis que guardo na minha vida”.

A atriz fala também sobre como está encarando o período de isolamento:

“Sobre este momento de pandemia, estamos tentando encarar da forma mais leve, criativa e divertida possível. Estamos nos adaptando a uma rotina nunca pensada antes. Somos quatro pessoas em casa 24 horas[Bianca é casada com o empresário Eduardo Menga e mãe das gêmeas Sofia e Beatriz]. Estamos conscientes  que devemos agradecer por estarmos com saúde e que devemos nos cuidar, pois entendo que ninguém ainda entendeu muito bem esse covid-19. Claro que sinto muito falta do palco e da TV, mas nada posso fazer a não ser, esperar”.

Bianca trabalhou em outras novelas, séries e programas da Record, como “Prova de Amor”, “Os Mutantes”, “José do Egito”..., e “Dancing Brasil”.

Atualmente dedica-se à série “Home Office”, no YouTube, e aguarda liberação dos órgãos de saúde para voltar ao teatro com “Silvio Santos Vem Aí”. Ela interpreta a mulher do dono do SBT, Iris Abravanel.


*Colaborou José Carlos Nery