Flavio Ricco Globo decide acabar com Malhação a partir de 2022

Globo decide acabar com Malhação a partir de 2022

  • Flavio Ricco | Do R7

Paulo Silvestrini estava escalado para dirigir a próxima "Malhação"

Paulo Silvestrini estava escalado para dirigir a próxima "Malhação"

Ramón Vasconcelos

A alta direção da TV Globo decidiu acabar com “Malhação” a partir de 2022 e preparar uma nova grade para as suas tardes. “Malhação Sonhos”, atualmente em reprise, será a última.

O projeto “Malhação – Eu Quero é Ser Feliz”, dos irmãos e cineastas Marcos e Eduardo Carvalho, que marcaria a volta das produções inéditas, no ano que vem, foi cancelado no dia de hoje.

Já estava inclusive em produção, elenco escolhido e diretor escalado – Paulo Silvestrini.

A história se passaria em uma escola considerada a pior do País, com risco de fechar as portas.

Os alunos, então, iriam à luta para continuar funcionando.

Os protagonistas seriam duas meninas e um menino. Mais de 70% do elenco seria de atores negros.

Numa rede social, o escritor Eduardo de Carvalho chegou a comemorar a realização do projeto.

“Agora o bagulho vai ficar doido! Do morro do Salgueiro para todo Brasil, vamos partilhar nossas histórias, nossos sonhos e nossas potências. Ano que vem promete fortes emoções”, escreveu ele há poucos dias.

Imagine a frustração com o cancelamento da história e do horário, que revelou tanta gente.

“Malhação” é produzida e exibida pela Globo desde 24 de abril de 1995.

Originalmente foi criada por Andréa Maltarolli e Emanuel Jacobina, sob a direção de Roberto Talma.

O formato sempre foi considerado um importante celeiro para as produções de outros horários da dramaturgia da casa.
Por causa da pandemia, as suas gravações também foram paralisadas.

Nos bastidores da Globo, se perguntavam por que tanta demora na sua volta, uma vez que a emissora tem gravado “normalmente” os demais horários. Agora, já se sabe a razão.

Últimas