Flavio Ricco Julio Casares deixa a Record para assumir a presidência do São Paulo

Julio Casares deixa a Record para assumir a presidência do São Paulo

  • Flavio Ricco | Do R7

Julio Casares, entre Walter Zagari - vice-presidente Comercial da Record, Luiz Cláudio Costa - presidente da Record, Marcus Vinícius Vieira - CEO do Grupo Record, Gilberto Tota, Wagner Martins - diretor geral de Comercialização, Hilton Madeira - diretor de Marketing e Celso Teixeira - diretor de Comunicação

Julio Casares, entre Walter Zagari - vice-presidente Comercial da Record, Luiz Cláudio Costa - presidente da Record, Marcus Vinícius Vieira - CEO do Grupo Record, Gilberto Tota, Wagner Martins - diretor geral de Comercialização, Hilton Madeira - diretor de Marketing e Celso Teixeira - diretor de Comunicação

Divulgação

Após 17 anos como Diretor Comercial de Rede, Julio Casares se despediu da Rede Record nesta sexta-feira para assumir a presidência do São Paulo Futebol Clube, a partir do dia 1º de janeiro, no lugar de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. 

Em eleições realizadas no final de novembro e no dia 12 passado, primeiro com a participação dos sócios e depois entre os conselheiros vitálícios e eleitos, ele foi escolhido para o cargo por grande maioria, 155 votos contra 78 de seu oponente Roberto Natel. 

Casares trabalhou na Record nesses últimos 17 anos. Antes, foram 13 de SBT. 

Desde o início de sua campanha, depois de passar por outras funções no São Paulo, diretor de marketing e vice-presidência entre elas, sempre afirmou que iria se desligar da sua vida profissional e se dedicar inteiramente ao clube.

E foi o que fez em solenidade realizada na manhã de hoje, na presença de várias representantes da alta direção da emissora. 

Junto com ele, o diretor nacional de Vendas, Gilberto Martins, o Tota, também anunciou a sua saída do grupo para seguir com projetos particulares.

Últimas