Flavio Ricco Na TV, o carregar na tinta ainda é um mal a ser combatido

Na TV, o carregar na tinta ainda é um mal a ser combatido

Triste é que, olhando aqui e ali, se observa que muita gente ainda não sabe nada disso

  • Flavio Ricco | Do R7

Christiane Pelajo, jornalista, palestrante e apresentadora de eventos

Christiane Pelajo, jornalista, palestrante e apresentadora de eventos

Arquivo pessoal

Dia desses, conversando com Nilton Travesso, ele falou da importância da discrição na TV, manifestada em situações que sempre são as mais diversas, mas que começam especialmente pelos cenários, composição de ambientes e figurinos.

O Nilton, assim como o Boni sempre recomendou em seus tempos de Globo, é um adepto do tom pastel, aquele sem pretensão nenhuma de assumir qualquer protagonismo, distante do azul, verde e vermelho exagerados.

O Boni, citado, distribuía até memorandos, alguns aqui já reproduzidos, em que chamava atenção para isso.

Christiane Pelajo, dedicando-se hoje inteiramente à apresentação de palestras e eventos, comentou recentemente nas redes sociais a importância da roupa em algumas das principais situações.

Mas também na televisão, especialmente no jornalismo, em que trabalhou por muito tempo, dizendo “que ela [a roupa] comunica e muito. O ideal é sempre o mais neutro, sem listras, xadrez, estampas, brincos e penteados exagerados”, tudo que causa ruído na comunicação.

Triste é que, olhando aqui e ali, se observa que muita gente ainda não sabe nada disso. Ou faltou nessa aula.

Virou um problema

O SBT determinou a todos os seus funcionários que voltassem para o presencial.

E todos voltaram, mas só que aí veio a se estabelecer um problema que não foi pensado: não tinha estrutura suficiente para isso. Ou seja, não tinha lugar para todos poderem trabalhar.

Fora de hora

No entender até mesmo de alguns diretores e chefes de departamentos, não faria diferença nenhuma para o SBT estabelecer essa volta no começo do ano ou imediatamente após as férias.

E usar esse tempo para melhorar as suas condições de funcionamento; por exemplo, não obrigar ninguém a dividir a mesa de trabalho.

Outra coisa

A direção do SBT está inventando vários programas, um da manhã, outro à tarde, do Benjamin Back, além de outros. Isso é muito bom. Precisa mesmo.

Mas também é necessário contratar gente e montar produções próprias para cada um. Por enquanto, está na base do laço, do jeitinho, usando só o pessoal que já está na casa. Tirando de um lugar para tapar o outro.

Stepan Nercessian será o Chacrinha da Band

Stepan Nercessian será o Chacrinha da Band

Paulo Belote

Projeção

Está se planejando para março estrear o “Programa do Chacrinha” na Band, entre “Discoteca” e “Buzina”, nas tardes de sábado.

Dúvida: ao vivo ou gravado? Está em discussão. Certeza: no Teatro Itália.

Válvula de escape

A Jovem Pan, em meio a toda essa briga por decimais entre os canais de notícias da TV paga, tem se utilizado de um expediente dos mais interessantes para o crescimento dos seus resultados.

Após o término da exibição na televisão, alguns programas continuam no YouTube. E há o caso de alguns até começarem antes.

É o que se espera

A CNN, aqui no Brasil, conforme o noticiário, acaba de renovar contrato com a matriz americana.

Devemos entender que, além do uso da marca e algum pacote de benefícios, o negócio se mostre compensador.

No bolso

A dúvida de muitos, não só com relação à CNN Brasil, é saber até que ponto os acordos desse tipo valem a pena e em que momento será possível fechar a conta.

E, no meio de tudo, tem a diferença da moeda: fatura-se em real e paga-se em dólar.

Cronograma

“Fuzuê”, novela das 7 da Globo, está no finalzinho das gravações.

Por isso mesmo, a ordem é não diminuir o ritmo. O elenco, para se ter uma ideia, nesse recesso de fim de ano só vai folgar nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro. No mais, gravação normal.

Providência

A grade da ESPN, em meio a este período de festas, vai sofrer mudanças no decorrer dos próximos dias.

Alguns programas, muito pela falta de conteúdo e mesmo de interesse do telespectador, terão a sua duração diminuída.

Juliana Silveira é uma das protagonistas de “Estranho Amor”

Juliana Silveira é uma das protagonistas de “Estranho Amor”

divulgação

Também em filme

“Estranho Amor”, uma parceria da autora Ingrid Zavarezzi e do diretor Ajax Camacho, chegará à RECORD e à AXN em formato de série.

A novidade é que também vem por aí um longa-metragem de “Estranho Amor”, assinado pela mesma Zavarezzi e aprovado na Lei Paulo Gustavo. 

Momento de paz  

Walcyr Carrasco, ele mesmo sabe, não é uma pessoa muito fácil de lidar. Mas, fim de ano chegando, nada melhor que zerar broncas pendentes. Foi o que aconteceu com Amora Mautner.

Apertou o começar de novo. “A gente andava se estranhando...”, contou Walcyr, por causa de uma bobagem. Agora, tudo em paz.

Bate – Rebate

• Em janeiro, Larissa Manoela inicia os ensaios do espetáculo “A Noviça Rebelde”.

• “Romeu e Julieta”, novela do SBT, continua reforçando seu elenco com participações especiais...

• ...Foram escalados: Vinicius Lasmar, Isa Chiarion, Eloá Moraes, Callina Costa e Valentina Vaz.

• Estão encerradas as gravações da primeira temporada de “Cosme e Damião Quase Santos”, série de comédia com Rafael Portugal e Cézar Maracujá...

• ...A estreia é para a temporada 2024, no Globoplay e Multishow. Produção do Porta dos Fundos.

• Já era esperado que o documentário “Se Eu Fosse Luísa Sonza” ocupasse o primeiro lugar no Top 10 de séries da Netflix...

• ...Artista que tem mais de 31 milhões de seguidores no Instagram...

• ...Mas o interessante é a sequência de “DNA do Crime” no mesmo Top 10...

• ...Não à toa, a Netflix já encomendou uma segunda temporada.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas