Flavio Ricco PlayPlus estreia documentário Missão Cabul: Por Trás das Câmeras

PlayPlus estreia documentário Missão Cabul: Por Trás das Câmeras

  • Flavio Ricco | Do R7


Cabrini abordado pelo Talibã quando documentava a fome e a penúria em uma vila nômade afegã

Cabrini abordado pelo Talibã quando documentava a fome e a penúria em uma vila nômade afegã

Divulgação

A Record lança na plataforma PlayPlus Missão Cabul: Por Trás das Câmeras, um programa especial de 47 minutos de duração sobre os bastidores de uma das coberturas jornalísticas de maior repercussão nos últimos tempos.

A série Missão Cabul foi apresentada em três episódios por Roberto Cabrini no Domingo Espetacular e atingiu altos índices de audiência. Alcançou 11 pontos de média na Grande São Paulo.

Detalhes e situações que TV nenhuma do mundo mostrou.  A convivência forçada com os talibãs – a equipe passou uma noite inteira com eles.

As dificuldades encontradas para deixar o país - no meio da estada, houve mudança na política de visto.

“Entrevistas realizadas sem o conhecimento dos talibãs, com mulheres líderes de grupos que lutam por direitos políticos e líderes da oposição, hoje perseguidos pelos extremistas”, informa Cabrini.

O caso de artistas, inclusive um cantor que é perseguido. As pessoas vivem às escondidas dentro do próprio país.

Foram 20 dias bastante tensos e de muito risco. Detalhe de todo este material está no ineditismo do que foi possível fazer.

O documentário revela todos os bastidores da produção desta série.

Em primeira pessoa, Cabrini narra os principais desafios enfrentados por ele e pelo cinegrafista Gil Silva durante os vinte dias em que permaneceram no Afeganistão sob domínio dos fundamentalistas do Talibã, que retomaram o poder depois de 20 anos de ocupação americana no país.

Roberto Cabrini em gravação da série

Roberto Cabrini em gravação da série

Divulgação

O material também vai disponibilizar todo o bastidor da longa entrevista de Cabrini com um dos principais líderes do Talibã. Tudo contado com equilíbrio e muito realismo.

Como outro destaque, um dia a dia de muita tensão em um cenário de seguidos atentados promovidos pelo grupo terrorista Isis-K, inimigo mortal do Talibã, que por sua vez persegue e mata desafetos, embora procure assegurar que busca a convivência com as vozes discordantes da região.

A série Missão Cabul, por tudo que representou e o momento em que foi feita, em pleno auge dos conflitos, despertou enorme atenção.

Cabrini mostrou como encontrou o Afeganistão, em sua terceira viagem para lá, e as várias vezes que foi interceptado pelos talibãs, tanto a caminho de Cabul quanto na capital.

As fotos da cobertura de 1996, quando lá esteve pela primeira vez, se revelaram muito úteis, porque eles têm muito orgulho daquele período.

Desta vez, foram sete dias e sete noites desvendando o novo Afeganistão, que surgiu com a ascensão do grupo extremista ao poder.

Últimas