Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Que pena, Aracy!

Atriz, que morreu nesta segunda-feira (07), procurou ser conhecida pelos seus trabalhos, preservando muito a sua vida particular

Flavio Ricco|Flavio Ricco e Flavio Ricco

Aracy Balabanian vai deixar saudade
Aracy Balabanian vai deixar saudade Aracy Balabanian vai deixar saudade

Nino, o Italianinho, na Tupi, com Juca de Oliveira, foi o primeiro grande salto de Aracy Balabanian na TV. Na novela escrita por Geraldo Vietri e Walther Negrão, ela acabou conquistando o coração do protagonista, disputado durante mais de 304 capítulos também pela bela Bibi Vogel.

Antes já tinha feito muitos outros trabalhos na televisão e também no teatro, sempre como uma atriz das mais requisitadas.

No início da década de 70, já com a Tupi meio cambaleante, foi contratada pela Globo e se mudou definitivamente para o Rio de Janeiro.

Aracy, desde a sua chegada de Campo Grande, onde nasceu ou durante o período que morou em São Paulo e, depois, a maior parte no Rio, sempre foi uma pessoa muito na dela, que soube separar muito bem a sua vida particular das atividades profissionais.

Continua após a publicidade

Procurou, o tempo todo, ser conhecida pelos seus trabalhos, preservando muito a sua vida particular.

Talentosa, sempre foi muito requisitada e ao longo dos seus mais de 55 anos de carreira, deixou um registro de atuações importantes. O especial de Natal Juntos a Magia Acontece, na Globo, e Sai de Baixo – o Filme, em 2019, acabaram sendo os últimos.

Continua após a publicidade

Uma atriz que, sem dúvida, deixará em todos muita saudade.

Relembre a trajetória de Aracy Balabanian na televisão brasileira

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.