Flavio Ricco Reality de futebol do SBT continua no banco de reservas

Reality de futebol do SBT continua no banco de reservas

Aline Riscado teve seu nome colocado na equipe de apresentação do reality “Uma Vida, Um Sonho”

Aline Riscado teve seu nome colocado na equipe de apresentação do reality “Uma Vida, Um Sonho”

Instagram

A cada paralisação no Rio, por causa da pandemia da Covid-19, o projeto “Uma Vida, Um Sonho” cai ainda mais no esquecimento.

Depois de toda aquela euforia inicial, deram um tempo no projeto e ele nunca mais saiu do lugar. 


Só para se ter uma ideia dessa falta de atualização, entre outros problemas, no site do SBT ainda consta que sua estreia acontecerá “no dia 24 de janeiro de 2021” com apresentação de Luigi Baricelli e Aline Riscado. Meio que já era.

Como se não bastasse, os pais dos jovens craques têm cobrado constantemente os organizadores (o SBT não tem nada com isso), mas sem sucesso. Já poderiam, por exemplo, ter colocado todo mundo em uma “bolha”, para dar sequência, só que o problema parece que também pega na parte comercial, segundo pessoas próximas.    

Após a desistência de Glenda Kozlowski, que seria a apresentadora titular,  a produtora LCA Entertainments & Sports chamou Luigi Baricelli para o comando do reality show de futebol "Uma Vida, Um Sonho". O anúncio foi feito no Centro de Treinamento João Havelange, no Rio de Janeiro, palco de gravações.

Já Aline Riscado ficaria responsável pelo conteúdo digital do programa.

"Uma Vida, Um Sonho" conta ainda com Joel Santana e René Simões como treinadores.

Depois de uma série de peneiras, 22 participantes, de 18 a 22 anos, foram selecionados para concorrer ao grande prêmio: jogar em um grande clube da Europa.

Só que depois disso, surgiu a pandemia e nada mais aconteceu.

Últimas