Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Flavio Ricco
Publicidade

Reis: para Guilherme Dellorto, público vai sentir amor por Salomão e também muita raiva

Décima temporada de “Reis” estreia na próxima segunda-feira

Flavio Ricco|Flavio RiccoOpens in new window

Guilherme Dellorto Guilherme Dellorto vive Salomão em Reis – A Decadência”, estreia da Record na próxima segunda-feira (ULISSES NETTO/Seriella)

A Record promove nesta próxima segunda-feira a estreia de “Reis – A Decadência”, protagonizada por Guilherme Dellorto. A história de Salomão, desde que se tornou um homem rico e poderoso, até chegar a um triste declínio.

Dellorto conversou com a coluna sobre expectativa para a estreia e outros temas da produção:

“A expectativa é que vai ser uma novela bem novelão, com tramas pessoais muito complexas. Quem já acompanhou vai entender a curva dos personagens, a compreensão da formação desse caráter. Vão se identificar em alguns momentos com Salomão, porque é um personagem muito humano, tanto na fase próspera dele quanto na fase que ele começa a errar. As pessoas vão sentir amor por Salomão, mas também muita raiva e decepção pelas suas atitudes.”

Presente nesse projeto desde o início, o ator pôde viver a trama e acompanhar todos os demais bastidores muito de perto. Passou por diversas etapas! Ele considera isso um dos maiores privilégios que teve:

Publicidade

“Porque eu pude viver vários momentos dele, e principalmente, sendo esse personagem tão humano, tão complexo, eu pude exercitar o meu trabalho de diversas formas. Eu fui para vários lugares dentro de um mesmo personagem, eu vivi vários momentos desse mesmo personagem. Então, isso é muito legal, além de ser uma responsabilidade enorme. Por ser eu construindo ele por completo, eu me sinto muito privilegiado e muito realizado por poder construir todo o arco dele, desde o início, como menino inseguro, ele amadurecendo a sua segurança, tomando posse como rei, ele se consolidando como rei, e vivendo os desafios. E agora se entregando a todos os desejos e vaidades e indo para uma derrocada.”

Dellorto afirma que as pessoas podem esperar muitos conflitos humanos, conflitos de relacionamentos, na décima temporada de Reis:

Publicidade

“A gente fala muito, como não tem guerras, os conflitos são pessoais. Então, a gente vai ter muito conflito pessoal, de interesses políticos através de pessoas. A gente vai ter muito romance, a gente vai ter muitas histórias de amor. E a história de amor verdadeira, que as pessoas se identificam com aquelas que são realizadas e aquelas também que são interrompidas. Aquelas que poderiam ser a grande história de amor da nossa vida e que, às vezes, por circunstâncias da vida, não rola. E outras por conta de impessoalidades, de convergências de personalidades, de conflitos de interesses. Então essa décima temporada fala muito sobre os conflitos pessoais. Fala sobre as vontades, os momentos em que nós estamos disponíveis pra alguma coisa e, as vezes, que aquela coisa não está disponível pra gente.”

Momento família

Publicidade

Guilherme Dellorto dedica-se à série Reis há mais de dois anos e agora, assim que for liberado das gravações, voltará suas atenções para a família:

“Bom, eu terminando agora, eu quero focar um pouco na minha família, na minha casa, voltar a olhar para os meus filhos, ter mais tempo de qualidade com eles.

E os planos são, assim que eu tiver alguma coisa concreta, já emergir nesse novo trabalho.

Porque a gente as vezes demora um pouquinho para quebrar esse espelho, mas já vou estar aberto às novas propostas que virão”.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.