Flavio Ricco SBT defende modelo de novela para público infanto-juvenil 

SBT defende modelo de novela para público infanto-juvenil 

Sophia Valverde e Igor Jansen, são os protagonistas de "As Aventuras de Poliana"

Sophia Valverde e Igor Jansen, são os protagonistas de "As Aventuras de Poliana"

divulgação

O SBT não apenas justifica seus investimentos em novelas infanto-juvenis como também cita o sucesso de suas produções no streaming.

Ontem, por exemplo, no Top 10 da Netflix, constavam “Carinha de Anjo”, “Cúmplices de Um Resgate”, “Poliana” e “Chiquititas”.

De fato não é pouca coisa. A emissora de Silvio Santos praticamente “alugou” alguns espaços no ranking dessa plataforma e já faz um bom tempo.

Por outro lado, no evento realizado para apresentar o elenco de “Poliana Moça”, também se revelou a necessidade de descartar quase duas semanas de gravações realizadas antes da parada total, em março de 2020, devido à pandemia.

O material perdeu efeito.

De lá até aqui, as crianças e adolescentes do elenco apresentaram muitas mudanças, cresceram, e não foi possível utilizar muita coisa daquilo.

Na verdade, todas as TVs que investem em dramaturgia ainda sofrem com a pandemia, apesar do avanço das vacinas.

Mas, graças aos protocolos de saúde, a vida segue.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas