“The Voice” não terá plateia e presença de familiares é dúvida

Tiago Leifert, apresentador do "The Voice Brasil"

Tiago Leifert, apresentador do "The Voice Brasil"

Paulo Belote

Seguem os trabalhos, ainda em home office, para a volta de programas, realities e novelas da Globo, quase tudo paralisado há meses, em consonância com várias medidas de prevenção.

Um dos principais da grade, o “The Voice Brasil”, apresentado por Tiago Leifert, com participações de Lulu Santos, Ivete Sangalo, Iza e Michel Teló, ainda não tem o seu desenho inteiramente definido, mas a certeza é que não será mais como antes.

Música sempre combina com público, emoção, abraços, beijos... Só que desta vez, será necessário pular essa parte.  Plateia, também, sem chance. Torcida, só em casa, assim como não é confirmada a presença de familiares nos bastidores. Quem sabe, alguma estratégia on-line.

Alguma flexibilização poderá existir se, até outubro, em seu lançamento, a possibilidade de dispensar alguns desses cuidados passar a existir.

Nesta semana aconteceram seletivas de forma virtual, porém, a Globo informa que ainda não pode confirmar estreias ou cancelamentos. 

De um lado...

Record e Globo, na parte que toca o entretenimento, até agora não conseguiram colocar um programa em pé, especialmente os que envolvem participação do público.

Tudo está sendo estudado para que essa volta aconteça da melhor maneira possível. De forma segura e cautelosa. A ordem é não correr risco nenhum.

... Mas por outro

Bandeirantes, SBT e Rede TV! já voltaram praticamente com tudo. Devem ter descoberto um caminho, que Record e Globo ainda não conhecem.

E o curioso é que as produtoras independentes também ainda estão proibidas de operar. Tempo ao tempo.

A propósito

Ontem, em consequência de Eliana ter sido diagnosticada com Covid-19, o SBT passou a monitorar toda a equipe da apresentadora e seus convidados.

E decidiu também adiar as gravações do “Bake Off”, que começariam segunda-feira, porque há funcionários em comum de operações.

Olha que interessante

As duas principais audiências da Rede TV!, “Encrenca” e “Operação de Risco”, são produções com custo praticamente zero.

Valem-se apenas do conteúdo. Televisão é meio isso. Aliás, o "Encrenca" comemora seis anos neste domingo.

Hoje tem a final do "Made in Japão"  com Sabrina Sato

Hoje tem a final do "Made in Japão" com Sabrina Sato

Instagram

É hoje

Logo mais, 22h30, na Record, Sabrina Sato vai anunciar o vencedor do “Made in Japão”, aquele que vai levar o prêmio de 500 mil reais.

Ao vivo. E isso se cercando de todos os cuidados possíveis.

Expectativa

A dramaturgia da Globo não descarta a possibilidade de “A Morte Pode Esperar”, de Mauro Wilson, estrear ainda este ano no lugar de “Salve-se Quem Puder”.

O texto está bem adiantado e a escalação quase completa. Só depende do início da produção.

Mais para frente

São grandes as possibilidades de a Band não estrear em julho a reprise de “Floribella”. A novela, que tem Juliana Silveira como protagonista, só deverá entrar no ar entre agosto e setembro.

No momento, continua em exibição a portuguesa “Ouro Verde”. 

Maratona

Apesar de a direção da CNN Brasil entender que, agora, acertou a mão na dupla de apresentadores de seus programas, sempre é bom esperar um pouquinho mais.

Sabe-se inclusive que as frequentes mudanças vinham irritando todos eles.

Espelho

Homero Salles desenhou uma nova grade para a Rede TV!, inclusive já aprovada pelos acionistas Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho.

A pandemia acabou retardando o seu lançamento. As mudanças planejadas serão colocadas em prática oportunamente. Segundo se informa, a ideia é dar uma revirada geral. 

Tem nome

Com a volta confirmada de mais uma temporada de “Sob Pressão”, entre 2021 e 2022, Marjorie Estiano colocou na conta da equipe, liderada por Andrucha Waddington, a razão do sucesso do programa.

E também não poupou elogios ao companheiro Júlio Andrade: “você fica perplexo com o trabalho dele”.

Samuel Vettori é o apresentador do "Balanço Geral RS"

Samuel Vettori é o apresentador do "Balanço Geral RS"

Divulgação

Briga boa

Assim como em outras tantas capitais do País, também em Porto Alegre a audiência na hora do almoço está sendo disputada ponto a ponto.

Samuel Vettori, ex-RBS, com apenas 17 dias de programa, na quinta-feira, colocou o “Balanço Geral” na liderança por alguns minutos. Foi o melhor resultado do programa desde 29 de janeiro.

Bate – Rebate

• Entre outras tantas pendências, a Band tem que resolver rapidamente o problema do seu departamento de esportes...
• ... Por enquanto, a anunciada mudança para o jornalismo não aconteceu.
• A microbiologista Marcela Pasternak será a entrevistada do “Roda Viva”, segunda-feira, 22h, na TV Cultura.
• Andréia Horta vai estrear no dia 2 mais uma temporada, a terceira, do programa “O País do Cinema” no Canal Brasil...
• ... Entre os seus entrevistados, Matheus Nachtergaele, Cleo, Mauro Lima, Carol Duarte, Gregório Duvivier, Dira Paes e Alexandre Nero.
• No “Altas Horas”, deste sábado, a comemoração dos 70 anos de Serginho Groisman. Programa inédito, com vários depoimentos.
• Os atores Bruno Fagundes e Felipe Hintze acabam de lançar um canal no YouTube...
• ... A ideia, neste novo trabalho, é sempre reunir pessoas conhecidas do grande público...
• ... Começaram com Camila Queiroz e Klebber Toledo.
• Amanhã, no “Domingo Espetacular”, da Record, uma reportagem de Paloma Poeta sobre a “nuvem dos gafanhotos”.
*Colaborou José Carlos Nery