Flavio Ricco Tony Ramos merece um tratamento diferenciado na Globo? 

Tony Ramos merece um tratamento diferenciado na Globo? 

Ator, por sua história e talento, pode receber um tratamento diferente da maioria?

Tony Ramos foi, mais uma vez, brilhante como Antonio La Selva

Tony Ramos foi, mais uma vez, brilhante como Antonio La Selva

Manuella Mello

O esvaziamento do banco de elenco da Globo também que obedecer exceções nas suas regras. Ou, se até agora não obedece, por favor, que isso passe a existir em caráter de urgência.

Como, por exemplo, imaginar Tony Ramos fora de lá, após 47 anos de excelentes serviços prestados?

Tony sempre foi assim. Desde o começo na Tupi e em todas as suas atuações, como agora acaba de acontecer em “Terra e Paixão”, no papel de Antônio La Selva.

Tente concluir você mesmo: será que entre os nossos artistas por aqui, haveria alguém capaz de fazer melhor este personagem?

Essa “era do compromisso por obra”, em algum momento, vai atingir todos aqueles com contrato fixo – principalmente por causa dos altos salários.

A realidade dos canais, hoje, é bem diferente de outros tempos.

Mas as exceções também são necessárias. 

No caso de Tony Ramos, o que é bom, circula informação na Globo de que já existem novos projetos em discussão para ele. Assim seja.

Como também já se sabe que agora, livre da novela, ele vai se preparar para uma estreia no teatro, ao lado de Denise Fraga, com direção de Luiz Villaça.

Previsão de estreia em março em São Paulo. 

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas