Flavio Ricco Vitória da Record no Paulista é mais um problema na vida da Globo

Vitória da Record no Paulista é mais um problema na vida da Globo

  • Flavio Ricco | Do R7

Record transmite o Paulistão a partir de 2022

Record transmite o Paulistão a partir de 2022

Record TV

Na tarde da última sexta-feira foi anunciado que o Campeonato Paulista de Futebol masculino, a partir de 2022, estará em uma nova casa.

Depois de anos na TV Globo, a partir de 2022 será exclusivo da Record em sistema aberto, em negociação conduzida pelo CEO do Grupo Record, Marcus Vinícius Vieira, pelo vice-presidente artístico da Record TV, Marcelo Silva, pelo vice-presidente de jornalismo, Antonio Guerreiro, e pelo diretor-geral de produção, Mafran Dutra.

Acordo válido para os próximos quatro anos, que estabelece a transmissão de 16 partidas a cada temporada, sendo um jogo por rodada na primeira fase, um das quartas, uma semifinal e as duas finais.

Uma conquista importante da Record, que agora tem os direitos dos dois mais importantes campeonatos regionais do País, o Paulistão e o Carioca.

O YouTube também adquiriu os direitos do campeonato para mostrar 16 partidas.

A vitória da Record levará a Globo, agora, a pensar no que colocar aos domingos, para suprir a ausência do futebol.

Futebol de equipes como Palmeiras, Corinthians, São Paulo e Santos, ou ainda Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo, entre outras.

Nesses últimos tempos, nos mais diferentes segmentos, a Globo tem sofrido importantes baixas.

Perderam Fausto Silva, Tiago Leifert, Antonio Fagundes, Renato Aragão, Lázaro Ramos, Fórmula 1, Liga dos Campeões, Libertadores, Estaduais... Baixas bem significativas.

Últimas