Maisa desabafa sobre racismo sofrido pelo pai na quarentena

Apresentadora resolveu mostrar toda a sua indignação com relação a comentários racistas enfrentados pelo pai dela durante o isolamento social

Maísa e os pais

Maísa e os pais

Reprodução

Mais uma vez Maisa Silva usou suas redes sociais para externar sua indignação diante de um episódio de racismo sofrido por seu pai, Celso Andrade. Desta vez, o pai da apresentadora foi alvo de comentários racistas envolvendo a quarentena.

" Meu pai que escutou de uma mulher hoje que tudo bem sair de casa, que as pessoas estão se apavorando à toa, porque só morre 'negro e latino', porque eles não têm convênio médico. Meu pai é preto", contou Maisa, que já falou sobre o assunto outras vezes e chegou a relatar que está cansada de ver o pai ser tratado como 'segurança' dela em locais onde ele não é conhecido.

"Me sinto mal, péssima, horrível, triste. Conversamos, principalmente, porque eu cresci em uma família que é muito misturada. Mas isso me deu uma 'noção' maior, eu acho, tanto do meu privilégio quanto em tentar fazer minha parte para que essas ações não se repitam ou sejam admissíveis", desabafou Maisa.