Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Keila Jimenez - Blogs
Publicidade

Quantos milhões Gusttavo Lima e Luan gastam com super jatinhos?

Após tragédia de Gabriel Diniz, cantores ficam com mais medo de aviões fretados e sonham com aeronaves particulares, um luxo para poucos

Keila Jimenez|Do R7

Gusttavo Lima viaja com seu jato de R$ 40 milhões
Gusttavo Lima viaja com seu jato de R$ 40 milhões Gusttavo Lima viaja com seu jato de R$ 40 milhões

A morte do cantor Gabriel Diniz, vítima de um acidente aéreo na segunda-feira (26), acendeu um alerta para várias estrelas do cenário musical.

Empresários e assessores do meio revelaram ao KTV que vários cantores estão repensando o aluguel de aeronaves para cumprir a agenda lotada de shows, e muitos resolveram voltar a fazer alguns percursos de carro. 

Entre os que faturam mais alto há planos de comprar mais rápido o próprio avião. Para isso é necessário ter bala na agulha. Luan Santana desembolsou nada mais nada menos do que R$ 16 milhões em 2017 para comprar um jatinho para chamar de seu. 

Já Gusttavo Lima recentemente trocou o seu aviãozinho ( de R$ 10 milhões) por uma modelo maior e melhor, de R$ 40 milhões.

Publicidade

Mas o difícil não é comprar um avião, e sim mantê-lo. Algumas revisões e manutenções são obrigatórias em função de tempo, independente do uso do avião.

Segundo especialistas, um avião como o de Luan e Gusttavo, por exemplo, consome cerca de R$ 1 milhão por ano só de manutenção obrigatória, isso sem contar combustível, aluguel de hangar para estacionar a aeronave, pagamento da tripulação (piloto e co-piloto), entre outras coisas.

Publicidade

Deixar um jatinho desses estacionado em um hangar em um aeroporto pode custar entre R$ 11 mil e R$ 40 mil mensais, só de estacionamento.

O artista deve ter um faturamente mensal acima dos R$ 5 milhões para manter uma luxo desses. É para poucos.

O aluguel de jatos sai mais em conta. Um percursso como Rio-SP pode custar entre R$ 10 mil e R$ 40 mil, dependendo do modelo da aeronave. 

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.