Keila Jimenez Sem Galvão Bueno por perto, Globo abre mão de Reginaldo Leme

Sem Galvão Bueno por perto, Globo abre mão de Reginaldo Leme

Enquanto o narrador se recupera de problemas no coração, Globo abre mão de comentarista de automobilismo com mais de 40 anos de casa

Reginaldo é amigo pessoal de Galvão

Reginaldo é amigo pessoal de Galvão

Reprodução

Reginaldo Leme acaba de se desligar da Globo. Sem Galvão Bueno no front para 'ajudar' o amigo (Galvão se recupera de problemas no coração), um dos principais comentaristas do automobilismo deixou a emissora após mais de 40 anos de trabalho. 

 Reginaldo Leme não deve mais participar das transmissões de eventos esportivos da Globo, sendo assim sua último participação na emissora foi no último domingo (24), na etapa de Goiânia da Stock Car.

Na Fórmula 1, o comentarista participou da transmissão do GP do Brasil realizado neste mês. Ele não deve participar da transmissão do próximo domingo, em Dubai. Não terá direito a se despedir.

Grande especialista, Reginaldo Leme é reconhecido internacionalmente pelo seu trabalho no automobilismo. Mesmo assim, de uns anos para cá, vinha sofrendo para ter uma renovação de contrato digna da Globo. A emissora busca corte de gastos e vinha lutando para reduzir os ganhos do comentarista.

Nos bastidores, o comentário de Reginaldo era sempre que 'aquele' seria seu último ano. Deixava claro aos colegas que 'não abriria mão de seus direitos'. Há pelo menos três anos a situação estava tensa.

Com audiência mais baixa e sem brasileiros nas corridas, a Globo já havia cogitado parar de transmitir a “Fórmula 1” em 2018. Com isso, o narrador oficial das provas, Galvão Bueno, poderia perder seu posto no programa. Reginaldo quase deixou a emissora em 2017, e depois, em 2018.

Na renovação em 2018, o comentarista só ficou após a intervenção do amigo de longa data Galvão Bueno. O narrador adora Reginaldo e fez de tudo para mantê-lo na emissora.

Sem Galvão por perto, que agora se recupera de um infarto, Reginaldo não conseguiu entrar em um acordo com a Globo. É mais um grande nome do jornalismo a deixar o canal neste ano. 

Fontes do canal garantem que o narrador teria ficado arrasado com a notícia da saída do amigo. Galvão passou mal na manhã de quinta-feira (21). O apresentador estava em Lima, no Peru, onde iria narrar a final da Copa Libertadores, no sábado (23). O apresentador sofreu um infarto e passou por cateterismo. Já está bem, mas não tem data para voltar ao trabalho.

A pergunta é: como ficarão as transmissões de F1 em 2020?